Avatar do usuário
Por Tauane04
Quantidade de postagens
#94669
O termo Bullying surgiu na década de 80 na Noruega. jovens da faixa etária entre 10 e 21 anos são os mais atingidos por essa agressão tanto física quanto psicológica.
A discriminação que começa com brincadeiras "inocentes" se torna o caso de ansiedade e depressão,podendo levar até o suicídio de adolescentes. Em síntese é a intimidação moral e física em conjunto com a humilhação e discriminação seja,por cor, raça,sexo ou aparência física. No contexto escolar onde acontece mais frequentemente,observa-se que comumente é a agressão verbal que é a mais utilizada para dirigir ofensas no ambiente escolar. Ao contrário do pensamento comum de que o errado é quem o prática! Um estudo realizado no Brasil em 2017 pelo psicólogo Wanderlei Abadio com mais de 2.300 estudantes entre 10 a 17 anos, Mostraram no questionário aplicado a eles ,que os estudantes sem envolvimento com o bullying tinham uma boa comunicação com os pais,que por sua vez,mantinham uma boa relação conjugal , além das regras em casa e o atentamente de saber a localização de seus filhos nas oras livres. Por outro lado o perfil do praticante de bullying foi estudado em uma pesquisa em 2019, em suma o estudo psicanalista relata que o praticante busca algum defeito vou falha na personalidade da vítima para justificar os seus atos,e assim,conseguir subjugar e de certa forma se alimentar da dor do outro. O bullying é uma realidade no Brasil ainda, mais de 23% de estudantes afirmam ainda ser vítima das agressões , contudo nas escolas sugestões e reclamações não devem ser ignoradas pois afeta o desempenho acadêmico e pessoal assim levando o problema a uma engrenagem sem fim, porém criando regras dentro da sala de aula,criando um ambiente com coesão, respeito, igualmente e consciência, é sensato afirmar a melhora do ambiente escolar para as crianças Brasileiras.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Avatar do usuário
Por Tauane04
Quantidade de postagens
#95723
Tauane04 escreveu:O termo Bullying surgiu na década de 80 na Noruega. jovens da faixa etária entre 10 e 21 anos são os mais atingidos por essa agressão tanto física quanto psicológica.
A discriminação que começa com brincadeiras "inocentes" se torna o caso de ansiedade e depressão,podendo levar até o suicídio de adolescentes. Em síntese é a intimidação moral e física em conjunto com a humilhação e discriminação seja,por cor, raça,sexo ou aparência física. No contexto escolar onde acontece mais frequentemente,observa-se que comumente é a agressão verbal que é a mais utilizada para dirigir ofensas no ambiente escolar. Ao contrário do pensamento comum de que o errado é quem o prática! Um estudo realizado no Brasil em 2017 pelo psicólogo Wanderlei Abadio com mais de 2.300 estudantes entre 10 a 17 anos, Mostraram no questionário aplicado a eles ,que os estudantes sem envolvimento com o bullying tinham uma boa comunicação com os pais,que por sua vez,mantinham uma boa relação conjugal , além das regras em casa e o atentamente de saber a localização de seus filhos nas oras livres. Por outro lado o perfil do praticante de bullying foi estudado em uma pesquisa em 2019, em suma o estudo psicanalista relata que o praticante busca algum defeito vou falha na personalidade da vítima para justificar os seus atos,e assim,conseguir subjugar e de certa forma se alimentar da dor do outro. O bullying é uma realidade no Brasil ainda, mais de 23% de estudantes afirmam ainda ser vítima das agressões , contudo nas escolas sugestões e reclamações não devem ser ignoradas pois afeta o desempenho acadêmico e pessoal assim levando o problema a uma engrenagem sem fim, porém criando regras dentro da sala de aula,criando um ambiente com coesão, respeito, igualmente e consciência, é sensato afirmar a melhora do ambiente escolar para as crianças Brasileiras.
0
Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
0 Respostas 
107 Exibições
por Sofia06
5 Respostas 
478 Exibições
por Edju
0 Respostas 
98 Exibições
por lynxjinx
3 Respostas 
325 Exibições
por Katsmoking
1 Respostas 
150 Exibições
por JoaoPedro72
0 Respostas 
108 Exibições
por Isabella558
0 Respostas 
151 Exibições
por JuliaPS
3 Respostas 
344 Exibições
por EmillyySilva
0 Respostas 
155 Exibições
por Anakarla28
0 Respostas 
209 Exibições
por Evellyn167

Muito bom, da uma olhada nas redaçõe[…]

Ao afirmar em sua célebre canç&atild[…]

O debate

Em 2021, o famoso cantor sertanejo, Zé Neto[…]

Desastres Ambientais

Greta Thunberg é uma jovem ativista que lut[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM