Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#57141
De acordo com o filósofo Imannuel Kant, o ser humano é resultado da educação que teve. Sob esse viés, muitos brasileiros possuem dúvidas em relação ao "Homeshooling" - uma prática de ensino domiciliar -, visto que não existem leis que visem esse modelo de educação. Nesse contexto, dois aspectos fazem-se relevantes: a insuficiência legislativa e as convicções familiares.
Primeiramente, é fulcral pontuar o fato da educação em casa não ser regulamentada. Segundo o filósofo Habermas, a linguagem é uma verdadeira forma de ação. Nesse sentido, muitas pessoas precisam, mas tem medo de aplicar o "Homeshooling", devido à falta de apoio do governo em implementar uma lei, além de ampliar os conhecimentos sobre esse molde. Desse forma, a liberdade de escolha sobre aprendizagem é prejudicada.
Outrossim, vale ressaltar o grau de necessidade das famílias em aplicar um ensino domiciliar. Nesse sentido, o filme Extraordinário mostra a história de Auggil Pullman, uma criança vítima de 'bullying' constante na escola. De maneira análoga, existem vários fatores que devem ser considerados antes de aderir o ensino em casa ou na escola, tais como preservar as crianças de assédio moral, motivos religiosos, condições financeiras e a qualidade da educação. Assim, medidas são necessárias para amenizar essas incertezas.
Logo, como garantia da liberdade de aprendizado, cabe ao Poder Legislativo - responsável pela implementação de leis -, criar uma lei que torne o "Homeshooling" uma garantia constitucional, cuja deve ser elaborada e discutida na Câmara dos deputados. Ademais, todo esse processo deve ser apresentado a população por meio das mídias sociais, a fim de oferecer as famílias brasileiras a autonomia necessária de escolha sobre a educação de seus filhos.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#57405
De acordo com o filósofo Imannuel Kant, o ser humano é resultado da educação que teve. Sob esse viés, muitos brasileiros possuem dúvidas < generalizou, procure trazer exemplos] em relação ao "Homeschooling" - uma prática de ensino domiciliar -, visto que não existem leis que visem esse modelo de educação. Nesse contexto, dois aspectos fazem-se relevantes: a insuficiência legislativa e as convicções familiares.

[melhorar conectivo] Primeiramente, é fulcral pontuar o fato da educação em casa não ser regulamentada. Segundo o filósofo Habermas, a linguagem é uma verdadeira forma de ação. Nesse sentido, muitas pessoas precisam, mas tem medo de aplicar o "Homeschooling", devido à falta de apoio do governo em implementar uma lei, além de ampliar os conhecimentos sobre esse molde. Dessa forma, a liberdade de escolha sobre aprendizagem é prejudicada.
* Falta combinar melhor o repertório com o argumento. Tratou de uma falta de legislação, o repertório não comprovou bem essa argumentação. Busque coerência

Outrossim, vale ressaltar o grau de necessidade das famílias em aplicar um ensino domiciliar. [não repetir conectivo] Nesse sentido, o filme "Extraordinário" [aspas] mostra a história de Auggil Pullman, uma criança vítima de 'bullying' constante na escola. De maneira análoga, existem vários fatores que devem ser considerados antes de aderir o ensino em casa ou na escola, tais como preservar as crianças de assédio moral, motivos religiosos, condições financeiras e a qualidade da educação. Assim, medidas são necessárias para amenizar essas incertezas.

Logo, como garantia da liberdade de aprendizado, cabe ao Poder Legislativo - responsável pela implementação de leis -, criar uma lei que torne o "Homeschooling" uma garantia constitucional, cuja deve ser elaborada e discutida na Câmara dos deputados < congresso nacional]. Ademais, todo esse processo deve ser apresentado a população por meio das mídias sociais, a fim de oferecer as famílias brasileiras a autonomia necessária de escolha sobre a educação de seus filhos.
* Acredito que a intervenção está completa

Espero ter ajudado! :D

A saúde é um direito humano, ao qua[…]

A saúde é um direito humano, ao qua[…]

A constituição federal de 1988, docu[…]

Para a pensadora Hannah Arendt, "a essê[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM