• Avatar do usuário
#70341
Para o ser humano sobreviviver na sociedade, é necessária uma fonte de renda, para o sustento desse ser e de sua família. A forma principal de se obter uma fonte de renda é trabalhando, mas o problema começa quando, no ambiente de trabalho há uma conduta repetitiva, com a intenção de desestabilizar emocionalmente o indivíduo. O assédio moral no serviço público é algo que pode passar despercebido por muitos, porém, pode ser extremamente prejudicial a saúde mental e até mesmo física do trabalhador de viárias formas. Diante do exposto, fica claro que é necessário realizar algo para tentar sanar esta problemática, não esquecendo da necessidade de alertar os trabalhadores sobre a existência deste tipo de assédio.
Afetando mais mentalmente do que fisicamente na maioria das vezes, o assédio moral no serviço público pode causar muitos problemas, dentre eles a ansiedade, depressão, escassa autoestima e danos fisicos ao corpo por excesso de trabalho, por exemplo. Há várias formas de como este tipo de assédio pode acontecer, desde sobrecarregar o trabalhador com muitas tarefas, até ficar constantemente criticando o trabalho do indivíduo, ou seja, são atos que talvez não tenham más intenções, porém, que desestabilizam o trabalhador, prejudicando-o.
Segundo o filósofo Friedrich Nietzsche, "Uma pessoa continua a trabalhar porque o trabalho é uma forma de diversão. Mas temos que tomar cuidado para não deixarmos a diversão tornar-se demasiado penosa.". Diante da frase citada pelo filósofo Nietzsche, podemos concluir que não deve-se permitir que o trabalho de fato, seja algo que os outros sejam capazes de tornar em algo penoso, exaustivo, abusivo e excessivamente pesado,ou seja, o trabalho pode ser algo bom (divertido) desde que o trabalhador não se a permita ser uma vítima do assédio moral.
Por fim, podemos concluir que o assédio moral no serviço público é algo que passa despercebido na maioria dos casos. Assim sendo, cabe ao Ministério do Trabalho criar uma campanha com o objetivo de alertar o público alvo, com anúncios na televisão nos horários não comerciais, que exponham que assédio moral é crime e que pode afetar o trabalhador, e a quem recorrer se for uma vítima do mesmo. Também podem-se fazer anúncios nas redes sociais, alertando. Dessa forma podemos alertar a maioria da população e diminuir significamente a ocorrência de assédio moral no serviço público.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

@Igorfs, Aqui mb @glauberx1

Por favor, poderiam corrigir? Grata🤗 eurodrigo […]

Oi. Ainda hoje eu tento corrigir sua redaç[…]

Spayke , Oi bom dia, eu como só sou um es[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM