• Avatar do usuário
#82479
Durante a Revolução Industrial, ocorreram notáveis mudanças, no setor social e econômico. Apesar, do Brasil, apresentar contornos específicos, ainda é possível visualizar o legado, no que se refere à importância da educação financeira no país. Em relação, ao hiato educacional financista, pairam, dois empecilhos, nos quais, cabem citar, a falta de investimento e a má influência midiática.
Em primeiro plano, a falta de investimento, é um estorvo que impossibilita ajustes na resolução da questão. Segundo dados da Fundação Getúlio Vargas, a taxa de investimento brasileira, no que tange, ao âmbito público e privado, caiu demasiadamente em 50 anos. Traçando uma linha tênue com o problema, é perceptível, que, essa causa necessite de capital, entretanto, há uma lacuna, no que refere-se à aplicações de quantias nessa área, seja para capacitar profissionais interessados no ramo, como, também, realizar o pagamento salarial dos mesmos.
Outrossim, a má influência midiática, também, é uma barreira, que configura o óbice. Durante o regime ditatorial nazista, foram usados meios de propaganda, somente, para enaltecer o governo, desse modo, foi dado desfoque às barbaridades que, realmente, ocorriam, na época. Em paralelo com a realidade, as mídias atuais, dão enfoque, exclusivamente, naquilo que é para consumo, deixando para trás, a propagação de métodos para economizar e administrar o dinheiro.
Sendo assim, é imprescindível, que medidas sejam tomadas. Dessa maneira, cabe ao Ministério da Economia, órgão responsável por direcionar verbas aos setores, realizar aplicações, a fim de financiar a educação monetária. Tal ação, deve ser feita com o acompanhamento da consulta pública, para que, os civis, fiquem cientes aonde as somas estão sendo investidas. Nesse sentido, o Brasil, apresentará grandes mudanças, assim como, houve na Revolução Industrial.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

#82488
Em paralelo com a realidade, as mídias atuais, dão enfoque, exclusivamente, naquilo que é para consumo, deixando para trás, a propagação de métodos para economizar e administrar o dinheiro.

O que tem a ver "propagação de métodos para economizar e administrar o dinheiro" frente À IMPORTÂNCIA da educação ? Desenvolva o papel da má influência midiática, referente à escola.

Único erro, já que,na conclusão, "consulta pública" já é um meio midiático. Acho que dá uns 840 a 940, pois há erros de vírgula, em uma leitura superficial, e um desenvolvimento 2,digamos, deficiente de argumentos.
Fim

camille14 Caso você quiser, poderia corri[…]

gabrielgd33 Por favor, poderia corrigir e aval[…]

Aqui está a minha análise da sua red[…]

Desde o surgimento das grandes civilizaç&ot[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM