Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#53402
Em uma de suas grandes frases, a escritora Clarice Lispector situa que a mudança, o movimento e o dinamismo são os fatores mais importantes na vida do indivíduo. Nesse sentido, em analogia à situação histórica, o Brasil não possui um pleno desenvolvimento social, pois rejeita e despossui as populações negras e pobres, de tal forma, que cria barreiras para uma ascensão econômica delas. Por isso, a estrutura da sociedade brasileira e o papel do estado devem ser debatidos, para o entendimento da construção dessa realidade.

Sob tal viés, é importante destacar que o coletivo brasileiro oprime, discrimina e tenta ao máximo excluir o negro do processo de desenvolvimento socioeconômico. Isso se dá, pois o Brasil ainda apresenta resquícios do período escravagista que a colonização portuguesa impôs antes de sua emancipação. Dessa forma, a classe que constituía a mão de obra escrava, nesse caso, os negros, ficava impossibilitada de ascender socialmente, uma vez que modelo de organização de sociedade na época era de estratificação de seus indivíduos. Sendo assim, a mudança, o movimento e o dinamismo, citados por Lispector, na desenvoltura social do Brasil, não se valida, já que o país, historicamente, continua a rejeitar e despossuir a população preta e pobre, que sofre um ação contínua de empobrecimento e precarização habitacional.

Além disso, outro agente crucial na manutenção dessa problemática é o Estado. Segundo uma matéria da revista cult, de 2017, o Estado, por meio de seus gestores, utiliza do poder público e do papel da justiça para o desamparo educacional e social dos indivíduos economicamente desfavorecidos, em sua maioria negros, ao mesmo tempo que possibilita a criação de grupos de milícias e traficantes, que possuem como alvo central de ataques essa população. Assim, essa instituição, que deveria estabelecer a ordem e o progresso da nação, colabora com a opressão e retrocesso de seu próprio povo.

Portanto, a exclusão e discriminação da comunidade negra no Brasil precisa acabar, para que, desse modo, o corpo social possa desfrutar de uma plena formação. Para isso, o Governo, necessita, por meio do Ministério da Educação e do Ministério do Trabalho, criar políticas públicas que visem levar, com a colaboração de sociólogos e professores, à parcela preta e menos favorecida da nação, o conhecimento de sua história, para criação de uma consciência ao mesmo tempo que invista na capacitação e empregabilidade dela. Só assim, será atenuado esse problema que persiste na sociedade brasileira.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Obrigado pela contribuição, XxDamas[…]

Leia a cartilha de redação , n&atild[…]

Em 1874 foi aprovada a primeira lei que exigiu o a[…]

Obrigado Mackyntoshy

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM