Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#60646
“Os homens não podem melhorar uma sociedade ateando fogo nela: precisam buscar suas antigas virtudes e trazê-las de volta à luz.” A frase do filósofo político e autor literário conservador Russell Kirk aborda a problemática que leva à onda conservadora no cenário político mundial, haja vista que por meio do surgimento de políticas progressistas que provocam a revolução e hipnotizam o corpo social utilizando de falas populistas, a sociedade almeja solucionar os problemas intrínsecos em sua própria coletividade da pior maneira possível, corrompendo a liberdade e a ordem, princípios basilares do conservadorismo. Dessa forma, a avalanche conservadora sobre a política mundial se dá em razão da popularização do populismo esquerdista e da ruptura dos valores tradicionais da sociedade.

A priori, sabe-se que a onda conservadora no cenário político mundial é decorrente do surgimento de políticas progressistas, visto que, a partir delas, houve a popularização do populismo esquerdista. A ascensão de políticos de esquerda, que hipnotizam a população através do populismo com “soluções simples para problemas quase impossíveis”, ao redor do mundo tem crescido de forma assustadora, gerando até mesmo o que é conhecido como “onda rosa”, que consiste em série de vitórias eleitorais da esquerda na maior parte dos países latino-americanos, entre 1998 e 2006. Entretanto, nenhum desses governos obteve sucesso até o presente momento, somente levam a população à pobreza extrema e se auto enriquecem a partir da quebra da economia do país. Sendo assim, os conservadores (direita) perceberam a necessidade de erradicar tais políticas de governo, pois além de destruírem o país, estavam e ainda estão corrompendo os valores morais e éticos da sociedade, valendo-se, por exemplo, de diversas ideologias que corrompem a família tradicional a qual o cristianismo dissemina. Contextualizando, a Argentina, Venezuela e Cuba são exemplos de países que passam por isso. Desse modo, nota-se o porquê da onda conservadora.

A posteriori, é indubitável que a onda conservadora no cenário político mundial é consequência do surgimento de políticas progressistas que almejam a ruptura dos valores tradicionais da sociedade. Isto posto, é perceptível que na mente dos revolucionários, tidos como esquerdistas, para fundar um novo mundo é necessário romper com as bases, que segundo eles sustentam a opressão capitalista, consentindo a emancipação da classe trabalhadora e das minorias, pois notaram que o maior empecilho para a revolução era a família e a religião cristã, reafirmando a famosa frase de Karl Marx “religião é o ópio do povo”, uma vez que na concepção materialista dialética, a religião contribui para a alienação, fazendo a sociedade reconhecer suas imperfeições. Desse modo, impedindo maiores avanços dessas políticas progressistas e reformistas, a onda conservadora está cada vez mais forte, defendendo o núcleo familiar como a base da formação da sociedade, sendo isso afirmado por Edmund Burke em sua frase: "A sociedade é a associação dos vivos, dos mortos e dos que estão para nascer" e isso, de certa forma, enfraquece o Estado.

Em defluência dos argumentos apresentados, verifica-se que a onda conservadora no cenário político mundial é resultado do surgimento de políticas progressistas. Dessa forma, será necessário erradicar os problemas-causa da problemática, sendo eles o populismo esquerdista e o rompimento dos valores tradicionais da família. Sendo assim, para que isso seja realizado, é primordial que os conservadores invistam em mídia, isto é, busquem maneiras cada vez mais eficientes de divulgar seus ideais e combater o progressismo e reformismo desnecessário da esquerda, que almejam corromper valores éticos e morais da sociedade. Logo, mais pessoas tomarão conhecimento dessa política conservadora e o caos social poderá ser evitado, escapando da destruição que já acometeu muitos países onde o esquerdismo chegou e, portanto, a onda conservadora será minimizada.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

O Brasil se encontra nesse quadro vergonhoso, merg[…]

Flaviaa 3m1ly Andree algum de vcs pode corri[…]

Política é um sistema que visa mante[…]

[quote="Alerrandro"][mention]AMANDA95[/m[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM