Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
Por Asdr
#55371
São Tomás de Aquino defendeu que todas as pessoas precisam ser tratadas com a mesma importância. Porém, a questão da violência contra mulher contraria o ponto de vista do filósofo, uma vez que, no Brasil, Esse grupo é vítima de discriminação constante. Nesse sentido, é preciso que estratégias sejam aplicadas para alterar essa situação, que possui como causa: a falta de debates, e a desigualdade de gênero.


Deve-se pontuar, de início, que a falta de debates configura-se como um desafio á redução do problema. Nesse contexto, Harbermaz traz uma contribuição relevante ao defender que a linguagem é uma verdadeira forma de ação. Desse modo, para que o devido o problema seja resolvido, faz-se necessário debater sobre. No entanto, percebe-se uma lacuna no qual se refere a essa questão, que ainda é muito silenciada. Assim, trazer à esse tema e debatê-los amplamente aumenta a chance de atuação nele.

Além do mais, outra dificuldade enfrentada é a desigualdade de gênero. De acordo com Hannah arendt "A Essência dos Direitos Humanos é o direito de ter direito". Entretanto, isso não está ocorrendo atualmente, no país, por ocorrência do machismo absoluto contra as mulheres, para resolução desse ato, faz-se preciso a eliminação da dessemelhança generativa. Portanto, ausência da conscientização da população a respeito da discrepância é prejudicial. Logo é, inadmissível, esse cenário continue a pendurar.

Dessa forma, ausência de debates e a dessemelhanças generativa relacionada as Madames é um problema, gerado pelo machismo. Por isso, para combater a situação é preciso que o estado juntamente com a Lei Maria da Penha promovam campanhas e leis rígidas em diversas mídias de massa mostrando a importância do conhecimento sobre as mulheres na sociedade, por meio de palestras e incentivos ao respeito com finalidade de reduzir a devida a violência no Brasil, consequentemente, beneficiando a todos.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 150

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 170

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

#55387
a craseado: à
a com acento agudo: á

Diga que Harbermas é um filósofo.

No seu primeiro desenvolvimento eu não vi argumentos que comprovem o porquê a falta de debates é a causa para o problema. Você citou um filósofo e depois ficou dizendo que isso é um problema nos 3 períodos seguintes, só que com outras palavras. Você poderia dizer que a falta de debates é um problema porque mesmo sendo posta a Declaração Universal dos Direitos Humanos, ainda há a prevalência do homem sobre a mulher, isso é tipo algo cultural... e se não houver debates, esse pensamento não irá mudar (isso é uma forma de pensar com base nesse seu argumento, você pode pôr de outro jeito) fala algo como isso, mostre o que tu sabe sobre o que tu está falando. Eu sei que você sabe algo sobre!

Quem é Hannah Arendt? Fale

O seu 2º desenvolvimento tem mais argumentos que o 1º, ele está bom. Mas tu colocou outra citação, tu pode pôr alguma definição, contextualização histórica ou dados (disponibilizados mundialmente. Exs: IBGE, ONU, OMS...). Infelizmente tem que pesquisar por isso, esse é o tal do repertório sociocultural.

Têm alguns erros gramaticais que não vou corrigir porque toma muito tempo! Dê uma estudada em vírgula, acentuação e observe melhor alguns erros bobos que tu colocou.

Outra coisa que percebi é que TODOS os seus parágrafos têm o mesmo número de linhas. Normalmente é assim:

Introdução: 3 períodos e 6 linhas
Desenvolvimento: 4 períodos e 8 linhas
Conclusão: 3 períodos e 8 linhas

É isso que consegui notar de erros na sua redação... Vi que ela está bem estruturada, mas falta + argumentos e uma escrita melhor. A gente erra e aprende isso daí. Ao meu ver, sua redação está 600-800.
#55789
São Tomás de Aquino < procure detalhar quem é a pessoa que você está citando: teólogo fulano] defendeu que todas as pessoas precisam ser tratadas com a mesma importância. Porém, a questão da violência contra mulher contraria o ponto de vista do filósofo, uma vez que, no Brasil, esse grupo é vítima de discriminação constante. Nesse sentido, é preciso que estratégias sejam aplicadas para alterar essa situação, que possui como causa: a falta de debates, e a desigualdade de gênero.

[melhorar conectivo] Deve-se pontuar, de início, que a falta de debates configura-se como um desafio á redução do problema. Nesse contexto, o filósofo Harbermas traz uma contribuição relevante ao defender que a linguagem é uma verdadeira forma de ação. Desse modo, para que o devido o problema seja resolvido, faz-se necessário debater sobre. No entanto, percebe-se uma lacuna no qual se refere a essa questão, que ainda é muito silenciada. Assim, trazer à esse tema e debatê-los amplamente aumenta a chance de atuação nele. < faltou em três frases a mesma coisa - debater - aprofunde mais sua argumentação]
* Está repetindo muito conectivos com inícios "desse" "nesse", procure diversificar mais

Além do mais, outra dificuldade enfrentada é a desigualdade de gênero. De acordo com a filósofa Hannah Arendt "A Essência dos Direitos Humanos é o direito de ter direito". Entretanto, isso não está ocorrendo atualmente, no país, por ocorrência do machismo absoluto contra as mulheres, para resolução desse ato, faz-se preciso a eliminação da dessemelhança generativa. Portanto, a ausência da conscientização da população a respeito da discrepância é prejudicial. Logo é, inadmissível, esse cenário continue a pendurar.
* Cuidado com o excesso de vírgulas
* Mais atenção na concordância e coerência do que escreve


Dessa forma, a ausência de debates e a dessemelhanças generativa relacionada as madames < é melhor usar a palavra mulheres] é um problema, gerado pelo machismo. Por isso, para combater a situação é preciso que o Estado juntamente com a < seria a Câmara dos Deputados] Lei Maria da Penha promovam campanhas e leis mais rígidas em diversas mídias < deveria inverter e reescrever, porque ficou incoerente o trecho: "crie leis mais rígidas e promova campanhas em diversas mídias..."] de massa mostrando a importância do conhecimento sobre as mulheres na sociedade, por meio de palestras e incentivos ao respeito com finalidade de reduzir a devida a violência no Brasil, consequentemente, beneficiando a todos.
* Intervenção completa, só precisa se expressar melhor

Espero ter ajudado! :D

Devido ao avanço da Covid-19 no começ[…]

O adolescente A maioria dos cidadãos brasil[…]

Grupos whatsapp e telegram

Pessoal vcs que querem entrar no grupo do whats eu[…]

ALIMENTAÇÃO Conforme o fil&oacut[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM