Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#42657
Na obra " A República", do filósofo grego Platão, é denotada uma sociedade perfeita, na qual o corpo social padroniza-se pela ausência de conflitos e problemas. Todavia, o que se observa na contemporaneidade brasileira é o oposto do que o autor retrata, uma vez que a presença de depressão e ansiedade no corpo social expõe vissitudes, as quais tolhem a afeituação dos planos do filósofo. Esse cenário adverso é fruto tanto do preconceito em relação aos temas ligados à saúde mental quanto da solidão causada pelo esvaziamento das relações sociais. Desse modo, analisar seriamente as raízes e o fruto dessa problemática é medida que se faz imediata.
Basilarmente, é crucial pontuar que a incompreensão em relação às questões de sanidade mental contribui para o agravamento do problema, é comum a utilização da expressão "médico de doido" em referência aos profissionais da área de psiquiatra e psicologia. Além disso, a ineficiência ou a ausência de programas governamentais agravam os problemas de saúde mental, assim, aumentando o número de depressão e ansiedade entre os brasileiros. Segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde em 2018, um caso de suicídio acontece a cada 46 minutos.
Ademais, na atualidade as relações sociais enfraquecidas potencializam o problema da mente, a importância dos "likes" e os intensos desejos de urgência proporcionados pela tecnologia desencadeiam sentimentos de melancolia e solidão. Segundo Zygmunt Bauman, filósofo polonês, tudo é mais fácil na vida virtual, mas perdemos a arte das relações sociais e da amizade. Assim, a revolução tecnológica construiu uma sociedade pautada pelo imediatismo, onde o "ser" no mundo virtual é mais importante que o "ser" no mundo real, o número de curtidas e visualizações nos perfis das redes se torna crucial e afeta diretamente a saúde mental de diversas pessoas com diferentes idades.
Fica claro, dessa forma, que a falta de relações sociais mais sólidas e a falta de políticas públicas e do debate em relação ao tema promove impactos de grandes proporções na saúde mental dos brasileiros. Assim sendo, faz-se necessário que o Tribunal de Contas da União direcione capital que, por meio do poder executivo será revertida em campanhas que visam a diminuição dos problemas de sanidade mental, através dos meios de mídias e instituições seja elas públicas ou privadas. Desta forma, a coletividade alcançará a República de Platão.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Fake News- Banca Consulpam

ao esboçar o seu projeto de texto, conside[…]

Juancrs pode fazer comentarios?

Charles Darwin mostrou, por meio de sua teoria evo[…]

Em pleno século XXI vivemos acorrentados a […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM