Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#55323
No filme "Teste de Paternidade", retrata os empecilhos enfrentados pela protagonista para ascender em um empresa, a qual o quadro de funcionários é constituído, em sua maioria, por homens. Assim como abordado na cinematologia, a coletividade hodierna enfrenta inúmeros debates sobre a equidade entre os sexos femino e masculino, em virtude de um legado histórico-cultural deixado pelas primeiras civilizações. Desse modo, tal infortúnio desafia a sociedade, seja pela ineficiência governamental, seja pela falta de oportunidade no mercado laboral.
É relevante observar, primeiramente, que o cenário histórico somado com a negligência do Estado, potencializam a discussão que perpassa a questão de igualdade entre os gêneros na modernidade. Nesse sentido, é pertinente destacar o Art.5° da Constituição Federal brasileira de 1988, a qual assegura o direito de todos, além de não tolerar qualquer forma de preconceito. Entretanto, na prática, tal garantia é deturpada, tendo em vista que as limitações por estereótipos assolam não só o Brasil, mas também todo o globo. Exemplo dessa realidade é a ausência de direitos que as mulheres possuíam até meados do século XXI.
Outrossim, é a dificuldade das mulheres no mercado de trabalho, o que fomenta cada vez mais a utopia em conseguir a igualdade entre os gêneros. Nessa conjuntura, é de extrema importância ressaltar que o primeiro contato feminino com o trabalho, excluindo o doméstico, foi durante a Segunda Guerra Mundial, devido a ausência de mão de obra masculina. Esse cenário, foi de extrema importância para a luta feminista, porém ainda possuí muita desigualdade, visto que é enraizado no corpo social a ideia de sexo frágil.
Entende-se, portanto, que o menosprezo governamental e a pouca oportunidade de ascensão no trabalho, impulsionam a desigualdade de gênero na contemporaneidade. Sendo assim, cabe ao Governo Federal de todo o globo, por meio de instituições escolares, elaborar e executar palestras ressaltando a necessidade de equidade entre homens e mulheres, com o fito de reduzir essas diferenças entre os indivíduos. Ademais, cabe às empresas proporcionar maiores chances para o sexo feminino. Dessa maneira, situações como as enfrentadas pela personagem serão minimizadas.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Desigualdade social

A Constituição Federal de 1988, docu[…]

A franquia estadunidense de filmes "Star Wars[…]

Precipitada e inconsistente. Isso é o que d[…]

De acordo com o IBGE(instituto brasileiro de geogr[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM