#64279
No documentário "O dilema das redes sociais" produzido pela Netflix exibe cenas onde uma família norte-americana não consegue manter um diálogo devido a presença dos dispositivos eletrônicos, e consequentemente entra em conflito pela dependência do celular. Fora das telas, isso é uma realidade no Brasil, tal qual a família apresentada não mantém contato "cara a cara", inúmeras famílias brasileiras vivenciam situações em seu contidiano que causam atritos e o distanciamento dentro do próprio meio familiar por conta das novas tecnologias.
Em primeira análise, é fundamental apontar o processo de globalização, juntamente com a popularidade das redes sociais e o uso descontrolado dos usuários como impulsionador da ausência de interação entre pais e filhos. Nesse sentido, a relação de ambas as partes transfere para o contato virtual com o smartphone, desperdiçando assim os poucos momentos de encontro para continuar na superficialidade vazia de tanta imagem e ruído.
Segundo Augusto Cury a família moderna está se transformando em um grupo de estranhos, todos ilhados em seu próprio mundo. Diante de tal exposto, os aparelhos eletrônicos, juntamente com a sua má utilização estão ganhando espaço e "substituindo" as pessoas e as conexões físicas entre elas. Se não forem tomadas medidas rapidamente, a tecnologia midiática corroerá a beleza desse relacionamento. Logo, é inadmissível que esse cenário continue a perdurar.
Desprende-se, portanto, a necessidade de combater esses obstáculos. Para isso, é imprescindível que o Governo Federal acompanhado do Ministério da Educação, por meio de campanhas publicitárias e paletras que serão realizadas nas escolas públicas e privadas, duas vezes por semana para alcançar o público alvo que é a família a fim de fazê-los compreender o modo mais adequado de aproveitar a internet de maneira saudável e dessa forma recuperar esse vínculo.
Assim, se consolidará uma sociedade mais consciente e unida, onde o Estado desempenha o seu papel corretamente.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Me ajudem aí, preciso de uma base para ver […]

Oiii amanhã faço minhas considera&cc[…]

jherodrigues , poderia dar uma olhada na minha re[…]

cassiahso , eu simplesmente AMEI sua corre&ccedi[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM