Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
Por Kleversonj19
#53856
Sancionada pela Assembleia Nacional Constituinte, a Constituição Federal de 1988 garante a todos indivíduos, sem qualquer distinção , o direito à educação. Todavia, na contemporaneidade, a evasão escolar impede que essa parcela da população desfrute do direito na prática. Fato esse, que decorre do baixo incentivo familiar e da pobreza.

Em primeira análise, vale pontuar que o descaso da família quanto aos estudos contribui para o avanço desse impasse. Nessa lógica, Segundo o pedagogo e filósofo brasileiro, Paulo Freire, "se a educação sozinha não pode mudar a sociedade, tampouco sem ela a sociedade muda." Contudo, no século XXI tal pensamento encontra-se deturpado, haja vista que muitos jovens, por falta de incentivo familiar abandonam a escola, no que configura um entrave para a formação cidadã desse grupo. Sendo assim, é indiscutível que, com a cultura de omissão, a construção de uma sociedade livre, justa e solidária continuará sendo desafio.

Outrossim, destaca-se a pobreza como a principal causa da evasão escolar. De acordo com o Ministério da Educação (MEC), a taxa de evasão é de 11,2% no ensino médio . Isso decorre, principalmente, em virtude de que, muitos jovens na busca por melhores condições de vida deixam a escola para trabalharem. Porém, o mais preocupante são as consequências desse subsídio, como o aumento do número de jovens que não concluíram o ensino médio. Além disso, o abandono escolar contribui diretamente com a desigualdade social.

O combate citado à liquidez inicialmente, deve tornar-se efetivo, a fim de conter o avanço dessa problemática. Neste caso, cabe ao Ministério da Educação, principal órgão responsável pela gestão dos projetos nacionais de educação , por meio dos impostos arrecadados, financiar campanhas que promovam a importância do ensino e maneiras de contornar seus inconvenientes, incluindo a inserção de discursos de especialistas no assunto e debates em sala de aula . Com isso, a sociedade será mais inclusiva e, assim, a Constituição Federal entrará em vigor.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Na Grécia antiga, o mundo se deparou com a […]

No artigo 5º da Constituição af[…]

É notório, que as cidades brasileira[…]

GlendaMorais oi, poderia dar uma olhada?

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM