Avatar do usuário
Por enzofonseca
Quantidade de postagens
#125202
Na obra intitulada “A velhice”, da escritora Simone de Beauvoir, delineia-se a representação do papel social dos idosos na comunidade; nesse contexto, é apresentada a necessidade de olhares especiais para essa parcela da população. Em uma visão que ultrapassa o universo literário, convém pontuar a invisibilidade dos trabalhos de cuidado, especialmente quando exercidos por mulheres, no cotidiano nacional. Com isso em mente, A inobservância estatal, bem como a desigualdade de gênero são problemas a serem considerados no contexto contemporâneo.

Nessa perspectiva, é válido salientar que o Poder Público se comporta de maneira negligente ao impasse apresentado. Acerca disso o sociólogo polonês Zygmunt Bauman cunhou o termo “instituições zumbis” para se referir a àquelas organizações que, apesar de manterem a essência, perderam sua função social. Sob essa ótica, o Estado, enquanto promotor do bem-estar social, deve garantir que as parcelas vulneráveis da população, como crianças, idosos e pessoas portadoras de deficiência, tenham acesso aos serviços de assistência, a fim de possibilitar o desenvolvimento de uma comunidade igualitária no território verde-amarelo.

Ademais, é importante pontuar acerca da disparidade de gênero presente no cenário brasileiro. Sobre isso, a curta-metragem norte-americana intitulada “Barbie” critica a sociedade contemporânea ao apresentar episódios de preconceitos sofridos pela protagonista ao sair de um mundo no qual as mulheres são valorizadas em direção à realidade global marcada pela discriminação. Além desse universo, é notório problematizar a semelhança daquela visão distópica com a sociedade tupiniquim, uma vez que ainda há presença de estereótipos que atribuem às mulheres a realização dos trabalhos domésticos.

Portanto, algo deve ser feito com urgência para amenizar essa problemática. Logo, cabe ao Ministério da Saúde desenvolver medidas que garantam os cuidados aos grupos necessitados, através de mais investimentos nesse setor da sociedade com a presença de profissionais qualificados para garantir o acesso democrático à assistência no Brasil. Desse modo, haveria a possibilidade de promover uma sociedade que minimize os problemas apresentados por Simone de Beauvoir em sua autoria. Afinal, conforme afirmou o Rousseau, “a vontade geral deve emanar de todos para ser aplicada a todos”.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
0 Respostas 
129 Exibições
por lelevian2018
0 Respostas 
87 Exibições
por kaivitoria
0 Respostas 
63 Exibições
por duda2345
0 Respostas 
79 Exibições
por Sarahsan
0 Respostas 
105 Exibições
por Daniellesnts
0 Respostas 
60 Exibições
por Isabellamms0
4 Respostas 
494 Exibições
por Luscano
11 Respostas 
311 Exibições
por Luscano
3 Respostas 
302 Exibições
por KauanKel18
0 Respostas 
67 Exibições
por jams035

besourokafka , lais458 pode corrigir minha humi[…]

besourokafka Tati14 elloysa filipediasx 0[…]

besourokafka , DaviHudson pode corrigir minha […]

O compliance bancário vem se tornando cada […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM