Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#45198
O “mito da Caverna”, de Platão, descreve a situação de pessoas que se recusavam a enxergar a verdade em virtude do medo de sair de sua zona de conforto. Fora da alusão, a realidade brasileira caracteriza-se com as mesmas conotações no que se refere a persistência da gravidez na Adolescência. Nesse sentido, os impactos da gestação juvenil tem causa na ausência de conhecimento e encontra espaço para lenta mudança na mentalidade social.

Convém ressaltar, a princípio, que a falta de conhecimento sobre os riscos da gravidez na adolescência é um fator importante para a continuidade do problema. Por essa ótica, o filósofo Shopenhauer defende que o limite do campo de visão uma pessoa determinam seu entendimento do mundo. Isso justifica outra causa da questão: se a pessoa não tem acesso a informação, sua visão será limitada, o que dificulta a resolução.

Em consequência disso, surge a lenta mudança no pensamento social, que intensifica ainda mais o problema. Conforme Durckeim, o fator social é a maneira coletiva de pensar. Sob essa lógica, percebe que os impactos da gestação na gravidez é fortemente influenciado pelo pensamento coletivo, uma vez que as pessoas crescem em um contexto social injusto, a tendência é adotar esse comportamento também, o que torna sua solução ainda mais complexa. Logo, medidas estratégicas são necessárias para mudar esse cenário.

Portanto, é indispensável que as prefeituras, em parceria com o governo do estado proporcionem a criação de oficias educativas, a serem desenvolvidas nas semanas culturais dos colégios estaduais. Esses eventos podem ser organizados por meio de atividades práticas, como dramatizações e jogos, de modo a mostrar o assunto, além de palestras de profissionais na área que orientem os impactos da gestação precoce para os jovens e suas famílias, com embasamento científico, a fim de efetivar a elucidação da população sobre o tema. Por fim, talvez, o universo do Mito da Caverna fique apenas na ficção.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#46837
Oi, @LalaN22. Desculpe a demora, querida (o).

Erros
Correção
Comentários
Os 5 elementos
Outras observações

Introdução
O “mito da Caverna”, de Platão, descreve a situação de pessoas que se recusavam a enxergar a verdade em virtude do medo de sair de sua zona de conforto. Fora da alusão, a realidade brasileira caracteriza-se com as mesmas conotações no que se refere a persistência da gravidez na Aadolescência. Nesse sentido, os impactos da gestação juvenil tem causa na ausência de conhecimento e encontra espaço para lenta mudança na mentalidade social.
Boa introdução, nada a dizer!

Desenvolvimento 1
Convém ressaltar, a princípio, que a falta de conhecimento sobre os riscos da gravidez na adolescência é um fator importante para a continuidade do problema. Por essa ótica, o filósofo Shopenhauer defende que o limite do campo de visão uma pessoa determinam seu entendimento do mundo. Isso justifica outra causa da questão: se a pessoa não tem acesso a informação, sua visão será limitada, o que dificulta a resolução.
Então, princesa, seu tópico frasal está um pouco longo, poderia ser mais breve. Sua argumentação está rasa, bem curta e isso não é muito legal, pois é importante se aprofundar na argumentação para convencer o leitor. Além disso um adendo: justamente na parte da argumentação você fala de uma outra causa - coisa que você não deve fazer -, pois se está falando de uma causa, não deve pular para outra, mas sim permanecer na mesma até que chegue o segundo desenvolvimento para mudar. Porém, de qualquer forma, você disse que era outra causa, mas disse exatamente a mesma, pois ausência de conhecimento é praticamente o mesmo ou causado por algo parecido, ou seja, falta de informação.

Desenvolvimento 2
Em consequência disso, surge a lenta mudança no pensamento social, que intensifica ainda mais o problema. Conforme Durckeim, o fator social é a maneira coletiva de pensar. Sob essa lógica, percebe percebe-se que os impactos da gestação na gravidez é fortemente influenciado pelo pensamento coletivo, uma vez que as pessoas crescem em um contexto social injusto, a tendência é adotar esse comportamento também, o que torna sua solução ainda mais complexa. Logo, medidas estratégicas são necessárias para mudar esse cenário.
Poderia argumentar mais, aprofundando-se melhor na questão!

Conclusão
Portanto, é indispensável que as prefeituras, em parceria com o governo do estado (agente)(Caso for Estado no sentido de país, deve ser escrito com inicial maiúscula) proporcionem a criação de oficias educativas, a serem desenvolvidas nas semanas culturais dos colégios estaduais (ação). Esses eventos podem ser organizados por meio de atividades práticas, como dramatizações e jogos, de modo a mostrar o assunto, além de palestras de profissionais na área que orientem os impactos da gestação precoce para os jovens e suas famílias, com embasamento científico (meio/modo + detalhamento), a fim de efetivar a elucidação da população sobre o tema (efeito/finalidade). Por fim, talvez, o universo do Mito da Caverna fique apenas na ficção.
Proposta completa, parabéns!

Seu texto está bom, mas cuidado com alguns desvios (C1). Em relação aos repertórios, foram pertinentes, mas não os tornaram realmente produtivos, exceto o da introdução, então sem prejuízos (C2). Já a argumentação foi pouco aprofundada e alguns redirecionamentos de ideias focados em outras coisas (C3). Bom uso de conectivos e sem repetições recorrentes, portanto sem prejuízos (C4). Por último, proposta de intervenção completa, sem prejuízos (C5). Bons estudos! :D
#47054
LalaN22 escreveu:Muito obrigado! @Ashiley ! Você está tornando meu sonho realidade, com seus ensinamentos, obrigada!
Por nada linda (o), fico feliz. Porém, você mesma (o) que está tornando isso realidade ao se esforçar e buscar melhorar! ❤
Racismo no Brasil

O racismo é uma ferida aberta no Brasil. Me[…]

A Revolução Industrial foi um per&ia[…]

A constituição Federal de 1988, docu[…]

Transtornos mentais são muito comuns na soc[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM