Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#57061
No filme "Coringa", ganhador do Oscar em duas categorias", o protagonista enfrenta diversos conflitos e perturbações psiquiátricas, motivadas por questões internas e externas, que promovem a exclusão social do personagem. Não longe da ficção, percebe-se aspectos semelhantes no que tange as doenças mentais no Brasil, que são tratadas em pleno século XXI de modo estigmatizado. Nesse sentido, em razão do silenciamento e da lacuna educacional emerge um problema complexo.
Em primeira análise, é preciso salientar que a invizibilização apresenta uma íntima relação com a configuração da problemática. Segundo Foucault, em a sociedade pós-moderna, algumas temáticas são silenciadas para que estruturas de poder sejam mantidas. Diante disso é indubitável que a falta de debates e reflexões sobre o estorvo contribui para falta de conhecimento da sociedade , que trata a doença como "frescura, bem como acentua a exclusão social dos indivíduos que enfrentam algum tipo de doença mental, como a depressão que atinge mais 11 milhões de brasileiros.
Ademais, a precariedade do papel da escola é uma causa latente para o obstáculo. De acordo com Kant, filósofo moderno, o homem é o resultado da educação que teve. Sob essa lógica, se há um problema social, tem-se como base uma lacuna educacional, uma vez que escola não tem cumprido o seu papel de trazer debates sobre a questão, principalmente, na atualidade, devido a popularização das redes sociais e a intensificação da globalização, que provocam a alienação da sociedade.
Portanto, o governo Federal deve criar em parceria com escolas públicas e privadas uma plataforma para democratização de informações sobre as doenças mentais no Brasil, por meio de gráficos, palestras com profissionais da saúde e pessoas que enfrentam esse tipo de problema, com intuito de evitar a exclusão social e o preconceito da sociedade.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

#57410
No filme "Coringa", ganhador do Oscar em duas categorias", o protagonista enfrenta diversos conflitos e perturbações psiquiátricas, motivadas por questões internas e externas, que promovem a exclusão social do personagem. Não longe da ficção, percebe-se aspectos semelhantes no que tange as doenças mentais no Brasil, que são tratadas em pleno século XXI de modo estigmatizado. Nesse sentido, em razão do silenciamento e da lacuna educacional emerge um problema complexo.

Em primeira análise, é preciso salientar que a invisibilização apresenta uma íntima relação com a configuração da problemática. Segundo o filósofo Foucault, em a sociedade pós-moderna, algumas temáticas são silenciadas para que estruturas de poder sejam mantidas. Diante disso, é indubitável que a falta de debates e reflexões sobre o estorvo contribui para falta de conhecimento da sociedade, que trata a doença como "frescura", bem como acentua a exclusão social dos indivíduos que enfrentam algum tipo de doença mental, como a depressão que atinge mais 11 milhões de brasileiros. [faltou arrematação]

Ademais, a precariedade do papel da escola é uma causa latente para o obstáculo. De acordo com Kant, filósofo moderno, o homem é o resultado da educação que teve. Sob essa lógica, se há um problema social, tem-se como base uma lacuna educacional, uma vez que escola não tem cumprido o seu papel de trazer debates sobre a questão, principalmente, na atualidade, devido a popularização das redes sociais e a intensificação da globalização, que provocam a alienação da sociedade.

Portanto, [faltou arrematar o tema] o Governo Federal deve criar, em parceria com escolas públicas e privadas, uma plataforma para democratização de informações sobre as doenças mentais no Brasil, por meio de gráficos, palestras com profissionais da saúde e pessoas que enfrentam esse tipo de problema, com intuito de evitar a exclusão social e o preconceito da sociedade.
* Focou em conscientização, procure trazer algo mais técnico junto dela

Espero ter ajudado! :D

O ensino a distância, que antes era usado pr[…]

_zigmunt Baumam, sociólogo e filósof[…]

A desigualdade entre as regiões brasileiras[…]

GabiNatali você poderia corrigir? 🙋🏼‍♀[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM