Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#50072
Na série televisiva Grey's Anatomy, a personagem Jo decide, depois de sofrer diversas agressões psicológicas e físicas do marido, por anos, fugir para outra cidade. Durante a trama, ela apresenta diversas sequelas e traumas do passado, vivendo com medo de ser encontrada. Fora das telas mas nem tão longe da ficção, diversas mulheres no Brasil são vítimas de realidades violentas como essa, sendo, muitas vezes, fatal e consequência de questões socio-culturais que precisam ser discutidas urgentemente.
De início, é válido abordar as causas da persistência desse panorama na sociedade. Tal problemática se baseia na solidificação do machismo ao longo do tempo, se enquadrando como um exemplo do que Max Weber chamou de "Dominação Tradicional" -crenças culturais passadas de geração em geração. E pelo machismo se basear nisso, o poder de soberania do homem é aceito por todos, legitimando, portanto, violências contra as consideradas inferiores e submissas.
Por conseguinte, com a reprodução dessa mentalidade, surgem os relacionamentos abusivos. Tal condição, sustentada pela posse e ciúmes, afeta a independência da vítima, bem como sua autoestima e saúdes física e mental. Isso se dá pois esse tipo de relação é palco constante de violências -físicas, morais, psicológicas, sexuais e/ou patrimoniais-, as quais podem, até mesmo, levar a vítima à morte.
Dado o exposto, fica clara a urgência de se lutar contra esse quadro na sociedade brasileira. Para isso, escolas devem, junto ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, promover palestras sobre machismo, relacionamentos abusivos e feminicídio, de modo a alertar a população jovem, evitando que outros infelizes casos aconteçam. Ademais, os municípios devem ampliar campanhas que divulguem o "Ligue 180" durante todo o ano. Só assim o Brasil poderá ser um país que, efetivamente, ajuda essas vítimas, retirando delas o medo e a necessidade de fugir.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

De acordo com a Constituição Federal[…]

Incluir algo, em determinado lugar, é devid[…]

A situação educacional brasileira e[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM