Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#51292
A Organização Mundial da Saúde define a dependência química como uma doença crônica, progressiva, fatal e responsável por gerar outras doenças. O tratamento de dependentes químicos é um grande desafio no Brasil, e o acesso desses pacientes aos serviços de saúde adequados é essencial. Porém, a internação involuntária destes dependentes abre outros debates, sobre a situação manicomial do país.

Segundo o Ministério da Saúde, o Brasil tem 15.532 leitos em hospitais psiquiátricos, mas apenas 59 unidades de acolhimento e 1.475 leitos do SUS em hospitais gerais. A política falha de “guerra às drogas” presente no Brasil tem uma abordagem punitiva, que dificulta a reinserção de dependentes químicos na sociedade, e a nova Política Nacional de Drogas, que foca em abstinência, poderá trazer ainda mais resultados negativos.

Ademais, quando algum tipo de intervenção involuntária é necessária, seja porque o paciente está causando risco a si mesmo ou a outras pessoas, é imprescindível que o tratamento seja humanizado, respeitando os direitos do indivíduo. O filme "Bicho de sete cabeças", baseado em um livro autobiográfico, revela os abusos cometidos no sistema manicomial, que é historicamente responsável pela exclusão, isolamento e abandono de populações vulneráveis.

Portanto, o Ministério da Saúde deve investir em infraestrutura e especialização de profissionais da área - focando na redução dos danos e desinstitucionalização de tratamentos psiquiátricos -, por meio dos Centros de Atenção Psicossocial, unidades básicas de saúde, hospitais gerais, e outros centros de apoio. Somente assim, os pacientes não só terão um tratamento adequado, mas também serão amparados para que não tenham recaídas.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

A insatisfação das pessoas com o pr&[…]

Pesquisei sobre o "prova disso" e a v&i[…]

@jherodrigues, Valeu pelas observaçõ[…]

Celas superlotadas e rebeliões em massa, es[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM