Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#53509
A obra cinematográfica “ A ilha do medo”, protagonizado por Leonardo Di Caprio, encena o internamento de um indivíduo com depressão em um manicômio e os maus-tratos sofridos por ele naquele local. Apesar da natureza ficcional da narrativa, os traumas sofridos pelos doentes mentais na sociedade brasileira é uma realidade, que persiste seja pela influência negativa das mídias sociais, seja pela falta de debates acerca do tema em ambientes escolares. Desse modo, urgem ações que humanizem o enfrentamento aos estigmas associados às doenças mentais, afinal, o direito ao respeito é garantido pela Carta Magna.
De início, deve-se pontuar o poder das mídias sociais sobre os indivíduos. Esse fato foi estudado no século XX pelos filósofos da Escola de Frankfurt, que afirmavam que o comportamento dos indivíduos é estritamente relacionado à influência dos meios midiáticos. Nesse sentido, redes sociais como “Facebook” e “Instagram” possibilitam a exposição de padrões de vida, muita das vezes, inalcançáveis pela maioria da população, o que contribui para a frustração destes e, por fim, o desenvolvimento de doenças como ansiedade e depressão.
Ademais, cabe ressaltar a insuficiência das escolas no que concerne às discussões sobre os transtornos causados por traumas psiquiátricos. Isso se deve, principalmente, ao caráter conteudista do sistema de ensino brasileiro, que prepara os estudantes para realização de provas, mas deixa à penumbra a questão da saúde mental. Dessa forma, a ausência de direcionamento psicológico, somada ao ambiente opressor das escolas, não só introduz traumas psicológicos aos alunos, como intensifica os já existentes.
Assim, é imprescindível que os estigmas relacionados à transtornos mentais seja remediado. Para isso, é papel dos influenciadores digitais, por meio da exposição de cenários mais próximos da realidade social, mitigar a busca dos espectadores por padrões inacessíveis, a fim de evitar que estes desenvolvam distúrbios como a depressão. Além disso, cabe ao Ministério da Educação, por intermédio da obrigatoriedade de profissionais da saúde - médicos e psicólogos - nas escolas, oferecer apoio psicológico aos alunos, para que os traumas psiquiátricos destes sejam superados. Dessa forma, o cenário mostrado em “ A ilha do do medo” se fará ausente na sociedade.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

A constituição federal de 1988, docu[…]

Primeiro de tudo, você está indo con[…]

Formas de representar o que se vê e expressa[…]

Estar com o corpo em constante movimento beneficia[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM