• Avatar do usuário
#82829
Na telenovela "Chiquititas" é retratado o drama de três garotos de rua que não conhecem seus verdadeiros nomes e não possuem registro civil, sendo marginalizados todos os dias pelos sistema e privados de exercer seus direitos constitucionais. Paralelamente é possível relacionar a história abordada pela produção com a garantia do acesso à cidadania no Brasil: a desigualdade social e a falta de políticas públicas que possibilitem ao individuo se reconhecer como um cidadão, são fatores importantes para superar esse desafio em nosso país.
Em primeiro lugar, é importante ressaltar que desigualdade social não é um problema que acaba em si, ela traz consigo consequências catastróficas para a realidade social como mostra o álbum "Planeta Fome" de Elza Soares que relaciona processos históricos como a escravidão, com a desigualdade social e consequente marginalização de determinados grupos, impedidos de exercer seus direitos civis historicamente. Ademais, segundo dados do IBGE, cerca de 70% das pessoas mais pobres são negras, mostrando que o processo histórico interfere diretamente na realidade e coloca em risco o acesso a direitos civis por parte de determinados grupos.
Paralelamente, a falta de politicas públicas que busquem combater os problemas sociais do país, afetam o pleno exercício da cidadania como revela o sociólogo Florestan Fernandes que prega que os problemas sociais do Brasil são sistêmicos e que a ação do Estado é fundamental para garantir todos os direitos civis inalienáveis a população como mostra os programas "Fome Zero" e "Bolsa Família" criados durante o governo Lula, que segundo o IBGE reduziram em até 50,6% a pobreza do país, garantindo o acesso a direitos civis negados historicamente a determinadas camadas de nossa sociedade e mostrando que a ação do Estado é fundamental para garantir o acesso aos direitos civis .
Portanto, é mister que o Estado tome providências para amenizar o quadro atual. O Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, através de verba pública e em parceria com os meios de comunicação em massa, devem promover uma campanha nacional de incentivo ao registro civil, criando também políticas afirmativas que busquem garantir o acesso aos direitos civis as camadas mais vulneráveis da população, a fim de garantir o acesso à cidadania no país. Somente assim, será possível mudar a realidade abordada por Florestan Fernandes e garantir o acesso à cidadania no Brasil.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Mylike , Jotaveh , marimoon , larissa0205 , […]

A invisibilidade dos "cidadãos"

A invisibilidade decorrente da falta de registro c[…]

Para começar sua redação, &ea[…]

Certo, muito obrigada!! Por nada!

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM