• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#82609
No livro "O cidadão de papel", de Gilberto Dimenstein, é evidenciado como a legislação não atua como deveria na sociedade brasileira, assim funcionando apenas na teoria e não na prática. Para além da obra, nota-se, no contexto atual do país, que muitos indivíduos sofrem diariamente por não ter acesso a garantias básicas, como, por exemplo, à cidadania, assim tendo vários direitos negados, uma vez que são "invisíveis" ao Estado. Nesse viés, é importante notar que dentre os diversos aspectos que corroboram para o agravamento dessa questão, destacam-se a negligência estatal e a falta de locais para a aquisição de documentos em cidades mais interioranas.
A princípio, percebe-se que a indiligência do governo para com estas pessoas deve-se ao fato do problema estar, há muito tempo, banalizado. Segundo Hannah Arendt, em sua obra "Banalidade do mal", a persistência destes males pode causar um conformismo quanto à eles, um exemplo disto é o fato dos sertanejos e interioranos, por diversas vezes, precisarem se deslocar até cidades maiores para ter acesso a um cartório, algo que muitas vezes não é possível.
Por conseguinte, torna-se notório que a maior parte destes não-cidadãos sejam de áreas menos visadas pelo governo, uma vez que estes não tem voz para reivindicar o que lhes foi assegurado pela Constituição de 1988. Dessa forma, precisam se adaptar aos poucos recursos ao seu alcance para conseguir quebrar essa sua "invisibilidade" no país.
Com isso, é imprescindível a atuação do Estado na melhoria da infraestrutura de cidades menores, por meio da criação de locais para aquisição destes documentos nestes municípios, para garantir à população tudo que está assegurado pela Carta Magna de 1988, assim garantindo que a cidadania alcance a todos, de modo que o que foi mostrado por Dimenstein em seu livro não reflita mais a realidade social brasileira.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

Redação ENEM 2021

chicao KarllaViit EuDavila Eumesmaoxi Ped[…]

Olá, alguém poderia corrigir? 😊 @An[…]

Na novela Avenida Brasil, é visto um exempl[…]

Você poderia dar uma nota para minha reda&cc[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM