• Avatar do usuário
#82561
O mito da caverna, de Platão, demonstra a situação de pessoas que se recusavam a observar a verdade, em virtude do medo de sair de sua zona de conforto. Fora da alusão, a realidade brasileira caracteriza-se com a mesma problemática, visto na invisibilidade das pessoas sem documentos no Brasil. Tal cenário, tem como causas: a falta de documentação por parte dos pais que prejudica na retirada de documentos do filho e a dificuldade em ter acesso aos serviços públicos básicos.
Em primeira análise, vale ressaltar, que muitas pessoas no Brasil não possuem documentos, nem mesmo a certidão de nascimento, a mesma contém as informações do nascimento de um ser e comprova a sua existência, além de ser o primeiro documento obtido. Desse modo, os indivíduos que não possuem registro de nascimento é por consequência dos pais não possuírem tais documentos e dificulta na retirada do registro do filho. Ademais, a desigualdade social é um fator que implica em tal problemática, já que, existem pessoas que não tem condições de registrar o filho, ou por morar em local de difícil acesso e deslocamento ou por não terem condição financeira.
Outrossim, o indivíduo que não possui documentos têm uma grande dificuldade em ter acesso aos serviços públicos, visto que, necessita de ao menos a certidão de nascimento. Diante da pandemia do Covid-19, tal corpo social, obteve certo impasse em ter acesso aos hospitais, em caso de internação, e ao auxílio emergencial, que precisava de documentos para poder comprovar a renda financeira. Por consequência de não possuir o registro de nascimento, a pessoa não consegue ter acesso ao registro geral, CPF ou carteira de trabalho, sendo assim, considerado um "indigente" pela sociedade.
Diante dos fatos expostos, o governo não deve negligenciar a invisibilidade das pessoas sem documentos e a falta de acesso aos direitos básicos de um cidadão. Portanto, o Governo, autoridade máxima do país, por meio de uma lei deverá criar um estatuto para amparar essas pessoas e simplificar a retirada dos principais documentos de um indivíduo, para assim, torná-lo um cidadão legal e poder usufruir os seus direitos.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Redação ENEM 2021

chicao KarllaViit EuDavila Eumesmaoxi Ped[…]

Olá, alguém poderia corrigir? 😊 @An[…]

Na novela Avenida Brasil, é visto um exempl[…]

Você poderia dar uma nota para minha reda&cc[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM