Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#42807
No período da Revolução Industrial, Henry Ford desenvolve o primeiro carro do mundo, o Ford T, com o objetivo de facilitar e ajudar no cotidiano. Em contrapartida, nos dias atuais, os automóveis fazem parte da realidade violenta do trânsito brasileiro. Assim, torna-se premente analisar os fatores estimulantes dessa problemática: o individualismo e a má formação dos condutores.
Primeiramente, é indubitável que as práticas individualistas prejudicam o coletivo. Isso se verifica, pois um indivíduo que conduz o seu veículo de forma irresponsável põe a integridade de outras pessoas em risco. Comprova-se tal fato a partir de dados expostos pela PRF, nos quais dizem respeito que cerca de 90% das colisões fatais são causadas por erros humanos. Fica claro, então, que o espírito individualista deve ser combatido.
Em segundo plano, as falhas durante o processo de formação dos condutores são notórias. Acerca disso, é possível observar que os primeiros contatos com a legislação de trânsito e com veículos são tardias, ocorrem somente aos 18 anos. Sob esse prisma, o filósofo Pitágoras enfatiza a necessidade de educar as crianças para que os adultos não sejam punidos. De modo contrário, a política nacional do trânsito brasileiro vai de encontro ao pensamento do filósofo. Logo, faz-se necessário reverter o cenário atual.
Destarte, é cabível ao MEC levar às escolas -instituições destinadas ao ensino coletivo- palestras constantes, durante o período de ensino regular, que visem mostrar aos jovens a necessidade de ser prudente no trânsito, os primeiros contatos com a CTB, a fim d tornar jovens mais responsáveis e preocupados com o bem comum. Cabe também ao DENATRAN, órgão responsável por executar a Política Nacional de Trânsito, estender o processo de formação, ou seja, o processo deve ser iniciado aos 16 anos e concluído aos 18 anos. Somente assim, os automóveis serão bem utilizados e as propostas criadas por Henry Ford, ao criar o Ford T, que são: conforto, dinamicidade e flexibilidade sejam efetivadas de maneira segura.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

GlendaMorais poderia corrigir???

A Prática do bullying nas escolas

Boa noite! Sua redação está […]

A mulher no mercado de trabalho

Ashiley por gentileza ;)

O seu maior problema é sua conclusão[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM