Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#48223
O escritor brasileiro Augusto Cury dizia, " Frágeis usam a violência, e os fortes, as ideias". Nesse sentido, muito tem se discutido sobre o aumento do número de casos de violência contra mulheres no Brasil. No contexto atual, ainda é predominante o machismo, a violência em ambientes públicos, e as ameaças e agressões na própria casa são constantes.

Em primeiro plano, vale destacar a violência em ambientes como transportes públicos, no local de trabalho, onde as ofensas verbais são diárias, além da discriminação de que apenas por ser mulher o salário deve ser inferior. Ademais, segundo dados do O Globo, mais de 1,2 milhão de mulheres sofrem violência no Brasil, o mais revoltante, é a forma de achismo que a mulher ainda é inferior ao homem.

Em segundo plano, as ameaças e agressões sofridas pelas mulheres em sua própria casa, que ocorrem através dos seus maridos e filhos são inaceitáveis, muitas delas ainda se calam e não denunciam, e é onde a maioria são mortas infelizmente. Além disso, durante a pandemia uma mulher é morta a cada nove horas no Brasil, segundo pesquisas do Brasil de Fato.

Conclui-se portanto, que para acabar com a violência contra as mulheres no Brasil, o governo, deve ampliar a Lei Maria da Penha, através de novas leis mais rígidas e severas para esses agressores, com o intuito de punir esse tipo de pessoa e acabar com essa violência, nessas leis o aumento nos anos de prisão ou a prisão perpétua deve ser inclusas.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra domínio mediano da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com estrutura sintática mediana para o grau de escolaridade exigido, porém com alguns desvios morfossintáticos, de pontuação, de grafia ou de emprego do registro adequado ao tipo textual.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação previsível e apresenta domínio mediano do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Com essa pontuação, ou o tema da redação é desenvolvido adequadamente, porém de forma previsível, com pouco avanço em relação ao senso comum ou, embora o texto demonstre domínio adequado do tipo textual exigido, a progressão textual apresenta algum problema.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 110

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

#48238
Olá,@Beatriz19, como está? Eu não sou nenhuma figura de autoridade em redação, mas posso te dar umas dicas top. Então, tenta não levar tudo como verdade absoluta, até pq tb estou em processo de aprendizagem.

Bora lá!

•Introdução:

•Eu amei a tua citação de Augusto Cury, Inclusive, ela pode ser usada em diversos temas que tratam sobre a violência.
•Além disso, também senti falta de uma contextualização mais legítima. Você poderia ter relacionado mais a tua citação com a realidade brasileira.
•Outro ponto pra tu prestar uma atenção é a especificação da tua tese. Quanto mais específico, melhor. Afinal, o corretor não gosta de voltar la na tua introdução pra saber o que tu taá falando, não é mesmo?

*Dica* Tenta construir um projeto de texto antes de passar as ideias pra o papel. Um macete legal é esse: Apresentação da citação; contextualização com o Brasil; seu ponto de vista (Tese).

•Parágrafo 1 e 2

•Primeiro, os teus parágrafos estão muito frasais, bia. Um parágrafo precisa ter, no mínimo, 2 pontos finais. Da próxima vez que tu for fazer uma redação, tenta organizar melhor teus parágrafos.
•Segunda observação, tenta argumentar mais. Os teus repertórios estão legais, mas tenta especificá-los mais e ARGUMENTAR.

*Dica*Antes de fazer uma redação, construa um projeto de texto com suas principais ideias e como vc vai aborda-las e argumentalas. Fazendo isso, só por em prática! Isso evita que tu se perca durante os teus parágrafos e acabe tangenciando o tema.
Outra dica boa é tu pesquisar sobre estrutura de uma redação nota mil. Fazendo isso, tu vai perceber, com o decorrer do tempo, que o desenvolvimento tem uma estrutura sólida: Tópico frasal; Citação; argumentação;conclusão. Essa é a forma que eu uso, mas tu pode adaptar pra ti, Claro.

•Conclusão

•Primeiro, notei 4 elementos na tua conclusão: Agente; modo; meio; detalhamento. Só faltou a finalidad3 da proposta.

*Dica* Tenha sempre em mente, Bia, que na conclusão, tu não precisa resolver TODOS os problemas da violência contra a mulher, basta resolver os que tu propôs na tese, certo? Outra coisa, não tenta ampliar uma lei, tenta criar uma, o corretor gosta desse tipo de autoria. E por último, mas não menos importante, seja mais amigável hahaha, na proposta de intervenção tu não pode desrespeitar os direitos humanos, caso isso ocorra, tu pode perder ponto ou até zerar.

Bom, foi isso, espero muitíssimo ter ajudado, pois gastei um tempão fazendo isso haha. Boa sorte nas tuas redações e um forte abraço
#48241
O escritor brasileiro Augusto Cury dizia, "Frágeis usam a violência, e os fortes, as ideias". Nesse sentido, muito tem se discutido sobre o aumento do número de casos de violência contra mulheres no Brasil. No contexto atual, ainda é predominante o machismo, a violência em ambientes públicos, e as ameaças e agressões na própria casa são constantes.

Em primeiro plano, vale destacar a violência em ambientes como transportes públicos e no local de trabalho, onde as ofensas verbais são diárias, além da discriminação de que apenas por ser mulher o salário deve ser inferior. Ademais, segundo dados do O Globo, mais de 1,2 milhão de mulheres sofrem violência no Brasil, [poderia iniciar outro período aqui com a sua argumentação > o mais revoltante, é a forma de achismo que a mulher ainda é inferior ao homem. [tem que aprofundar mais na argumentação] [faltou arrematar o parágrafo/tese aqui no final]

Em segundo plano, as ameaças e agressões sofridas pelas mulheres em sua própria casa, que ocorrem através < evite essa palavra, prefira por meio dos seus maridos e filhos são inaceitáveis, muitas delas ainda se calam e não denunciam, e é onde a maioria são é mortas infelizmente. Além disso, durante a pandemia uma mulher é morta a cada nove horas no Brasil, segundo pesquisas do Brasil de Fato.
* Falta organizar suas ideias na estrutura do desenvolvimento: chamar o argumento + repertório (dados) + argumentação + arrematação

Conclui-se, [vírgula] portanto, que para acabar com a violência contra as mulheres no Brasil, o governo, deve ampliar a Lei Maria da Penha, através por meio de novas leis < faltou coerência, vai ampliar a lei maria da penha ou criar lei nova? ampliar ela seria só atualizar] mais rígidas e severas para esses agressores, com o intuito de punir esse tipo de pessoa e acabar com essa violência, nessas leis o aumento nos anos de prisão ou a prisão perpétua < no Brasil não pode ter isso] deve ser inclusas.
* A intervenção está completa, mas é uma solução superficial, até porque a lei maria da penha está em constante atualização, sempre se tornando mais rígida mesmo

Espero ter ajudado! ;)

emilydassis você poderia justificar a mi[…]

   A Constituição Brasilei[…]

No livro " a redoma de vidro " a autora […]

Em relação ao estigma associado &agr[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM