Avatar do usuário
Por KelveSilva
Quantidade de postagens
#127108
Durante o Holocausto, os judeus idosos foram os primeiros a serem executados pelos nazistas, que os viam como estorvo. Paralelamente, a sociedade brasileira, apesar de não seguir os mesmos métodos de punição da Alemanha Nazista, tende a observar a imagem do idoso como ineficiente e descartável, essa visão num pais violento como o Brasil somada a ineficácia das políticas publicas, acaba por concretizar a violência contra a terceira idade. Nesse sentido, é importante entender o papel da população e do governo que em conjunto acabam por consolidar a problemática.

A Organização das Nações Unidas(ONU), determinou a data 15 de junho como dia mundial de conscientização da violência contra o idoso, apesar dos esforços internacionais para preservar os direitos dos idosos, não se nota um efeito real no Brasil, tendo em mente que, de acordo com dados disponibilizados pelo Disque 100, durante o período entre 2019 e 2020 houve um aumento de 53% na quantidade de denuncias envolvendo a violência contra idosos. Nesse contexto, nota-se que, não há uma verdadeira mobilização por parte do governo para conscientizar a população.

Ademais, de acordo com o IBGE, a população idosa no Brasil ira compor cerca de 29% da população, assim realçando a necessidade do estabelecimento de novas políticas publicas em prol de defender os direitos do cidadão idoso. Apesar da existência de leis que defendem os idosos, o Brasil ocupa o 6% lugar na taxa de mortalidade, mostrando que na pratica as leis estão apenas no papel. No fim, a violência sempre é um reflexo da falta de educação, pobreza e marginalização, por isso combatê-la significa, acima de tudo, a busca pelo progresso tão almejado.

Portanto, medidas são necessárias para a resolução do problema. O Ministério da educação(MEC) deve criar um projeto chamado "Idoso cidadão" promovendo debates e palestras nas escolas e universidades em prol de conscientizar e alertar sobre a crescente onda de violência contra idosos, sempre buscando estimular o pensamento critico dos mais jovens, tendo em mente a alta capacidade que reside nos moldes da educação de alterar a estrutura social, dessa forma preparando a nova geração para ser ainda mais inclusiva, visando uma manutenção mais intensa das leis que visam defender a integridade dos idosos, além do fim de muitos estigmas sociais que degeneram a imagem do idoso, por meio de cidadãos conscientes.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
0 Respostas 
49 Exibições
por Filipe05
1 Respostas 
90 Exibições
por Higorvaz
0 Respostas 
256 Exibições
por Raik
0 Respostas 
70 Exibições
por Lucas09
0 Respostas 
54 Exibições
por Lucas09
0 Respostas 
52 Exibições
por Verlania1
7 Respostas 
302 Exibições
por EllenAdNaCo
0 Respostas 
55 Exibições
por skuvusgsfs
0 Respostas 
108 Exibições
por josebarros
0 Respostas 
264 Exibições
por liriell

Maxy Sooofll yagorodoli JoaoPedro72

Utilize o número do artigo, ao invés[…]

Texto corrigido: Segundo o educador brasileiro Pa[…]

Redação Corrigida: A vergonha e o p[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM