• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por ERIKgs
Quantidade de postagens
#77057
Alguém pode corrigir minha redação, tá chamando o enem e eu nao tenho base se minhas redacoes são boas, por favor alguém me ajuda. 🙏🥺


Segundo João Paulo II, a violência destrói o que ela pretende defender: a dignidade da vida. Por isso, deve haver formas de combater a violência contra mulher, uma vez que o número de mulheres violentadas aumenta a cada dia e ano. Nesse âmbito, o cenário negativo ainda persiste, pois, a raízes históricas e a falta de conscientização da população.
Primeiramente, nas raízes históricas contribui para o triste cenário. De fato, desde a antiguidade o ser humano enfatiza que o sexo feminino tem a função social de submeter o masculino, pois fatos históricos revelam que os homens sempre quiseram se colocar a frente das mulheres e manter elas como inferiores, e salientar que ele é dono da mulher e que ela foi feita para fazer todos seus desejos. Dessa forma, os comportamentos violentos contra as mulheres são naturalizados, pois estavam dentro da construção social de épocas atrás. Consequentemente, atenção para esse tipo de agressor é dificultada pelos tratos culturais existentes e assim, a liberdade para tal ato é aumentado.
Além disso, o medo de denunciar das mulheres impulsiona o problema. Diante dessa perspectiva após levantamento do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, aponta que 52% das mulheres não denunciam o agressor para o órgão responsável, isso ocorre pois as mulheres têm medo do agressor descobri que ela denunciou e acabar matando-a, deixando assim o agressor pensar que nada será feito contra ele, deixando -o tranquilo fazendo assim cada vez mais naturalizada a violência. Portanto, deve haver formas de concientizar as mulheres a denunciar o agressor.
Por isso, deve haver formas para combater a raízes históricas EA falta de conscientização, para assim terminar com a problemática . Portanto, o governo, órgão responsável pelo controle do país, deverá realizar campanhas psicológicas em praças públicas, por meio de incentivos fiscais, com objetivo de que mais pessoas se conscientizem para as questões de violência para que assim ocasiona a diminuição de pessoas que ainda não entendem a causa. Porém, deve haver também, mais campanhas, pela mídia, grande difusora de informação e principal formadora de opinião, que conscientizem as mulheres a denunciar os agressores.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra domínio mediano da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com estrutura sintática mediana para o grau de escolaridade exigido, porém com alguns desvios morfossintáticos, de pontuação, de grafia ou de emprego do registro adequado ao tipo textual.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação previsível e apresenta domínio mediano do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Com essa pontuação, ou o tema da redação é desenvolvido adequadamente, porém de forma previsível, com pouco avanço em relação ao senso comum ou, embora o texto demonstre domínio adequado do tipo textual exigido, a progressão textual apresenta algum problema.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

Avatar do usuário
Por anaclaradll
Quantidade de postagens
#77062
Espero poder te ajudar, também sou nova por aqui!

Te sugiro pesquisar mais sobre esqueletos de redação, pode te ajudar bastante na construção dos próximos textos, uma dica boa é o canal da Débora Aladim, se vc ainda não conhece vale a pena pesquisar sobre o método dela. Vejo muito potencial na tua escrita, tu utilizaste muito bem das referências, mas deixou a desejar um pouco na coesão e na gramática, onde há alguns erros simples, fáceis de corrigir. Continue estudando, vc já está no caminho certo!

Agora, se puder, dá uma olhadinha na minha redação? Sabe como é, uma mão lava a outra kkkk. Obrigada desde já, e quando precisar pode sempre me marcar nas redações que tentarei ajudar, quando eu tiver com mais tempo posso até te mandar uma correção mais detalhada.

Link da minha redação: formas-de-incentivar-o-trabalho-volunta ... 39771.html
Avatar do usuário
Por ERIKgs
Quantidade de postagens
#77063
Conheço o canal , estudo história no canal dela, porém vídeo de redaco nunca vi lá. Muito obrigado novamente. Não sei muito corrigir redação, mais vou passar lá sim. Novamente muito obrigado 🤝
Avatar do usuário
Por erikaaraujo1
#77066
A inclusão digital dos idosos
Machado de Assis, em sua fase realista despiu a sociedade e teceu críticas aos comportamentos egoístas e superficiais que caracterizam essa nação. Não longe da ficção, percebem-se aspectos semelhantes no que tange a questão das barreiras para a inclusão digital dos idosos. Nesse contexto, é evidente a falta de medidas governamentais, bem como a desigualdade cibernética associada aos anciãos.
Em primeira análise, é lícito postular ineficácia governamental como promotora do problema. Segundo o filósofo contratualista John Locke, é dever do Estado proporcionar igualdade e bem-estar a sociedade. Todavia, o Brasil se opõe as concepções do pensador, uma vez que o Governo não investe em políticas de integração dos idosos no mundo cibernético, o que gera a longo prazo, um aumento da desigualdade social entre anciãos e jovens. Desse modo, faz-se mister a reformulação dessa postura estatal.
Ademais, é válido salientar a desigualdade cibernética associada dos anciãos como precursor desse revés. Conforme o ativista brasileiro Eduardo Marinho, "onde há desigualdade constitucional, não há competição, há covardia". Nessa perspectiva, a proposta do pensador pode ser aplicada quando se observam as dificuldades para inserir os idosos nas redes sociais, visto que tal mazela permanece no Brasil devido à falta de locais públicos de ensino cibernético, o que resulta no distanciamento virtual para com o público da terceira idade. Em suma, é inadmissível que esse panorama permaneça no país.
Portanto, medidas são necessárias para resolução do problema. Para amenizar esse cenário, urge que o Estado através de palestras em redes sociais incentivem empresas de ensino cibernético a fazerem uma parceria governamental, - a ação contará com o apoio de plataformas digitais para informar as instituições educativas sobre os benefícios de um convênio com o Governo Federal em prol da inclusão virtual para os idosos-. Nesse sentido, o intuito da proposta é diminuir a desigualdade social entre anciãos e jovens através da educação digital. Assim, o Brasil superará esse eventual empecilho, e a observação de Machado de Assis se cumprirá em sua totalidade.

Anabia15 , PFVRR CORRIGE MINHA REDAÇ&Atild[…]

Olá, thayolivb . Aqui está a corre&[…]

https://projetoredacaonota1000.com.br/combate-ao-a[…]

GabrielFelix obg💕

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM