Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#44423
No filme “ Poetas da Liberdade”, disponível na plataforma Netflix, é retratado a luta constante de uma professora em conquistar alunos de uma escola periférica pouco valorizada e estruturada. Análogo à realidade, assim como no filme o ensino público tanto de ensino médio quanto de ensino superior vem passando por bastantes problemas para se manterem como instituições de ensino. Com base nisso, é válido analisar o que culmina esse problema, como a desvalorização por parte dos estudantes quanto aos cursos superiores de humanidades e a pouca atenção estatal dado ao ensino universitário.

Em primazia, entende-se que a desvalorização quanto aos cursos de humanidades do ensino superior pelo público estudantil se mostra um dos causadores do problema. A partir do pressuposto, com a descoberta do genoma do coronavírus por uma pesquisadora e cientista da universidade de São Paulo, fez-se a repercussão nas redes sociais sobre a importância de cursos como os de ciências e principalmente de humanas, nos quais são constantemente menosprezado em comparação com os cursos de exatas. Logo, compreende-se que nas instituições de ensino federal as matérias e os cursos que trazem como base uma reflexão sobre a sociedade e sobre o indivíduo, são sempre desvalorizados e tratados como os piores ramos das instituições, nos quais muitos dos alunos que os cursam são taxados preconceituosamente e de forma discriminatória. Com isso, é válido a reflexão da importância desses ramos para a manutenção da sociedade e principalmente das relações sociais. Portanto, a partir dos fatores mencionados, depreende-se o quanto a adversidade dentro do âmbito educativo superior colocar em risco a situação deste no Brasil.

Ademais, faz-se mister salientar o quanto observa-se uma ineficiência estatal quanto ao ensino superior. Para isso, em 2019, fez-se a ocorrência de diversos protestos e passeatas por estudantes de ensino superior e técnico integrado ao ensino médio quanto aos cortes feito na educação pelo então atual presidente Jair Bolsonaro. Por meio disso, compreende-se o quanto o sistema educacional precisa de auxílio governamental, não só o superior, mas inclusive as escolas públicas, nas quais em maioria se encontram em péssimas condições e desatendendo diversos alunos e alunas quanto ao preparo para o ingresso superior por meio do Enem. Logo, faz-se compreensão sobre o quanto escolas e faculdades necessitam do apoio governamental para a estruturação do país e o quanto sua ineficiência afeta o desenvolvimento.

Dessa forma, é necessário soluções para os problemas vigentes. Portanto, cabe ao Ministério da Educação, por meio do Governo Federal e das Secretarias de Educação, criar um projeto político no qual forneça recursos e reestruture as escolas públicas, assim como as faculdades federais para o oferecimento de uma educação de qualidade, no mais a ampla possibilidade de jovens ingressarem no ensino superior e se manterem nos devidos cursos disponíveis. Ademais, esse projeto irá reformular a educação brasileira trazendo a adesão de dispositivos tecnológicos, ampliando a capacidade intelectual dos estudantes e fornecendo mais chances no mercado de trabalho. Isso tudo a fim de mudar o real cenário educacional do Brasil e libertar os jovens poetas através do ensino assim como no filme.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#44440
@GlendaMorais

Erros
Correção
Comentários
Os 5 elementos
Outras observações

Introdução
No filme “ Poetas da Liberdade”, disponível na plataforma Netflix, é retratado a luta constante de uma professora em conquistar alunos de uma escola periférica pouco valorizada e estruturada. Análogo à realidade, assim como no filme o ensino público tanto de ensino médio quanto de ensino superior vem passando por bastantes problemas para se manterem como instituições de ensino. Com base nisso, é válido analisar o que culmina esse problema, como a desvalorização por parte dos estudantes quanto aos cursos superiores de humanidades e a pouca atenção estatal dado ao ensino universitário.
Boa introdução. Possui repertório, problematização e tese... não vi problemas aparentes!

Desenvolvimento 1
Em primazia, entende-se que a desvalorização quanto aos cursos de humanidades do ensino superior pelo público estudantil se mostra um dos causadores do problema. A partir do pressuposto, com a descoberta do genoma do coronavírus por uma pesquisadora e cientista da universidade de São Paulo, fez-se a repercussão nas redes sociais sobre a importância de cursos como os de ciências e principalmente de humanas, nos quais são constantemente menosprezado menosprezados em comparação com os cursos de exatas. Logo, compreende-se que nas instituições de ensino federal as matérias e os cursos que trazem como base uma reflexão sobre a sociedade e sobre o indivíduo, são sempre (Não generalize, podem haver pessoas que preferem os cursos de humanas) desvalorizados e tratados como os piores ramos das instituições, nos quais muitos dos alunos que os cursam são taxados preconceituosamente e de forma discriminatória. Com isso, é válido a reflexão da importância desses ramos para a manutenção da sociedade e principalmente das relações sociais. Portanto, a partir dos fatores mencionados, depreende-se o quanto a adversidade dentro do âmbito educativo superior colocar coloca em risco a situação deste no Brasil.
Bom desenvolvimento. Faz bom uso de conectivos, bem argumentativo e organizado. Só chamo atenção para a observação feita anteriormente e para alguns desvios!

Desenvolvimento 2
Ademais, faz-se mister salientar o quanto observa-se uma ineficiência estatal quanto ao ensino superior. Para isso, em 2019, fez-se a ocorrência de diversos protestos e passeatas por estudantes de ensino superior e técnico integrado ao ensino médio quanto aos cortes feito feitos na educação pelo então atual presidente Jair Bolsonaro. Por meio disso, compreende-se o quanto o sistema educacional precisa de auxílio governamental, não só o superior, mas inclusive as escolas públicas, nas quais em maioria se encontram em péssimas condições e desatendendo diversos alunos e alunas quanto ao preparo para o ingresso superior por meio do Enem. Logo, faz-se necessária a compreensão sobre o quanto escolas e faculdades necessitam do apoio governamental para a estruturação do país e o quanto sua ineficiência afeta o desenvolvimento.
Bom desenvolvimento também, digo o mesmo do parágrafo anterior. Tome cuidado quanto a alguns pequenos desvios!

Conclusão
Dessa forma, é necessário soluções para os problemas vigentes. Portanto, cabe ao Ministério da Educação (agente), por meio do Governo Federal e das Secretarias de Educação (meio/modo), criar um projeto político no qual forneça recursos e reestruture as escolas públicas, assim como as faculdades federais para o oferecimento de uma educação de qualidade, no mais a ampla possibilidade de jovens ingressarem no ensino superior e se manterem nos devidos cursos disponíveis (ação). Ademais (Esse conectivo dá a ideia de que se está iniciando outra proposta, porém está introduzindo apenas o detalhamento. Creio que não há problema, mas "Essa ação" ficaria melhor), esse projeto irá reformular a educação brasileira trazendo a adesão de dispositivos tecnológicos, ampliando a capacidade intelectual dos estudantes e fornecendo mais chances no mercado de trabalho (detalhamento). Isso tudo a fim de mudar o real cenário educacional do Brasil e libertar os jovens poetas através do ensino assim como no filme (efeito/finalidade).
Proposta completa!

A meu ver você peca na competência 1, devido desvios. Em relação às demais, não vejo problemas visíveis... bons estudos e parabéns!
#44444
Ashiley escreveu:@GlendaMorais

Erros
Correção
Comentários
Os 5 elementos
Outras observações

Introdução
No filme “ Poetas da Liberdade”, disponível na plataforma Netflix, é retratado a luta constante de uma professora em conquistar alunos de uma escola periférica pouco valorizada e estruturada. Análogo à realidade, assim como no filme o ensino público tanto de ensino médio quanto de ensino superior vem passando por bastantes problemas para se manterem como instituições de ensino. Com base nisso, é válido analisar o que culmina esse problema, como a desvalorização por parte dos estudantes quanto aos cursos superiores de humanidades e a pouca atenção estatal dado ao ensino universitário.
Boa introdução. Possui repertório, problematização e tese... não vi problemas aparentes!

Desenvolvimento 1
Em primazia, entende-se que a desvalorização quanto aos cursos de humanidades do ensino superior pelo público estudantil se mostra um dos causadores do problema. A partir do pressuposto, com a descoberta do genoma do coronavírus por uma pesquisadora e cientista da universidade de São Paulo, fez-se a repercussão nas redes sociais sobre a importância de cursos como os de ciências e principalmente de humanas, nos quais são constantemente menosprezado menosprezados em comparação com os cursos de exatas. Logo, compreende-se que nas instituições de ensino federal as matérias e os cursos que trazem como base uma reflexão sobre a sociedade e sobre o indivíduo, são sempre (Não generalize, podem haver pessoas que preferem os cursos de humanas) desvalorizados e tratados como os piores ramos das instituições, nos quais muitos dos alunos que os cursam são taxados preconceituosamente e de forma discriminatória. Com isso, é válido a reflexão da importância desses ramos para a manutenção da sociedade e principalmente das relações sociais. Portanto, a partir dos fatores mencionados, depreende-se o quanto a adversidade dentro do âmbito educativo superior colocar coloca em risco a situação deste no Brasil.
Bom desenvolvimento. Faz bom uso de conectivos, bem argumentativo e organizado. Só chamo atenção para a observação feita anteriormente e para alguns desvios!

Desenvolvimento 2
Ademais, faz-se mister salientar o quanto observa-se uma ineficiência estatal quanto ao ensino superior. Para isso, em 2019, fez-se a ocorrência de diversos protestos e passeatas por estudantes de ensino superior e técnico integrado ao ensino médio quanto aos cortes feito feitos na educação pelo então atual presidente Jair Bolsonaro. Por meio disso, compreende-se o quanto o sistema educacional precisa de auxílio governamental, não só o superior, mas inclusive as escolas públicas, nas quais em maioria se encontram em péssimas condições e desatendendo diversos alunos e alunas quanto ao preparo para o ingresso superior por meio do Enem. Logo, faz-se necessária a compreensão sobre o quanto escolas e faculdades necessitam do apoio governamental para a estruturação do país e o quanto sua ineficiência afeta o desenvolvimento.
Bom desenvolvimento também, digo o mesmo do parágrafo anterior. Tome cuidado quanto a alguns pequenos desvios!

Conclusão
Dessa forma, é necessário soluções para os problemas vigentes. Portanto, cabe ao Ministério da Educação (agente), por meio do Governo Federal e das Secretarias de Educação (meio/modo), criar um projeto político no qual forneça recursos e reestruture as escolas públicas, assim como as faculdades federais para o oferecimento de uma educação de qualidade, no mais a ampla possibilidade de jovens ingressarem no ensino superior e se manterem nos devidos cursos disponíveis (ação). Ademais (Esse conectivo dá a ideia de que se está iniciando outra proposta, porém está introduzindo apenas o detalhamento. Creio que não há problema, mas "Essa ação" ficaria melhor), esse projeto irá reformular a educação brasileira trazendo a adesão de dispositivos tecnológicos, ampliando a capacidade intelectual dos estudantes e fornecendo mais chances no mercado de trabalho (detalhamento). Isso tudo a fim de mudar o real cenário educacional do Brasil e libertar os jovens poetas através do ensino assim como no filme (efeito/finalidade).
Proposta completa!

A meu ver você peca na competência 1, devido desvios. Em relação às demais, não vejo problemas visíveis... bons estudos e parabéns!
Como sempre a C1!!! Irei observar mais esses aspectos! Obrigado florzinha por mais uma correção!!! Gratíssima!! :D :D :D ;)
#44527
Ashiley já corrigiu. Sem comentários adicionais. Espero a sua redação seguinte!
#44611
@GlendaMorais, oi!

No filme “ Poetas da Liberdade”, disponível na plataforma Netflix, é retratado a luta constante de uma professora em conquistar alunos de uma escola periférica pouco valorizada e estruturada. Análogo à realidade, assim como no filme o ensino público tanto de ensino médio quanto de ensino superior vem passando por bastantes problemas para se manterem como instituições de ensino(1). Com base nisso, é válido analisar o que culmina esse problema, como a desvalorização por parte dos estudantes quanto aos cursos superiores de humanidades e a pouca atenção estatal dado ao ensino universitário.
(1) :arrow: Tipo quais problemas? Isso devido ao que?

Em primazia, entende-se que a desvalorização quanto aos cursos de humanidades do ensino superior pelo público estudantil se mostra um dos causadores do problema. A partir do pressuposto, com a descoberta do genoma do coronavírus por uma pesquisadora e cientista da universidade de São Paulo, fez-se a repercussão nas redes sociais sobre a importância de cursos como os de ciências e principalmente de humanas, nos quais são constantemente menosprezado em comparação com os cursos de exatas. Logo, compreende-se que nas instituições de ensino federal as matérias e os cursos que trazem como base uma reflexão sobre a sociedade e sobre o indivíduo, são sempre desvalorizados e tratados como os piores ramos das instituições, nos quais muitos dos alunos que os cursam são taxados preconceituosamente e de forma discriminatória. Com isso, é válido a reflexão da importância desses ramos para a manutenção da sociedade e principalmente das relações sociais. Portanto, a partir dos fatores mencionados, depreende-se o quanto a adversidade dentro do âmbito educativo superior colocar em risco a situação deste no Brasil.
PS: Como você sabe que as pessoas preferem exatas do que humanas? O seu argumento ficou muito bom, mas não apresentou nada que o comprovasse.

Ademais, faz-se mister salientar o quanto observa-se uma ineficiência estatal quanto ao ensino superior. Para isso, em 2019, fez-se a ocorrência de diversos protestos e passeatas por estudantes de ensino superior e técnico integrado ao ensino médio, quanto (poderia escolher outra expressão) aos cortes feito na educação pelo então atual presidente Jair Bolsonaro. Por meio disso, compreende-se o quanto o sistema educacional precisa de auxílio governamental, não só o superior, mas inclusive as escolas públicas, nas quais em maioria se encontram em péssimas condições e desatendendo diversos alunos e alunas quanto ao preparo para o ingresso superior por meio do Enem (como sabe disso?). Logo, faz-se compreensão sobre o quanto escolas e faculdades necessitam do apoio governamental para a estruturação do país e o quanto sua ineficiência afeta o desenvolvimento.
PS: Todos sabem que o ensino precisa do apoio governamental, mas como isso acontece? Qual é o desafio que o ensino corre quando o governo corta as verbas? Bom desenvolvimento, mas poderia ser melhor.


Dessa forma, é necessário soluções para os problemas vigentes. Portanto, cabe ao Ministério da Educação, por meio do Governo Federal e das Secretarias de Educação, criar um projeto político no qual forneça recursos e reestruture as escolas públicas, assim como as faculdades federais para o oferecimento de uma educação de qualidade, no mais a ampla possibilidade de jovens ingressarem no ensino superior e se manterem nos devidos cursos disponíveis. Ademais, esse projeto irá reformular a educação brasileira trazendo a adesão de dispositivos tecnológicos, ampliando a capacidade intelectual dos estudantes e fornecendo mais chances no mercado de trabalho. Isso tudo a fim de mudar o real cenário educacional do Brasil e libertar os jovens poetas através do ensino assim como no filme.

Só adicionei algumas coisas, não destaquei o que a Ash já havia dito. Boa redação, pequenos erros que são facilmente resolvidos. Cuidado com as repetições.
Qualquer dúvida estou à disposição! :D
#44638
Jeniffeeee escreveu:@GlendaMorais, oi!

No filme “ Poetas da Liberdade”, disponível na plataforma Netflix, é retratado a luta constante de uma professora em conquistar alunos de uma escola periférica pouco valorizada e estruturada. Análogo à realidade, assim como no filme o ensino público tanto de ensino médio quanto de ensino superior vem passando por bastantes problemas para se manterem como instituições de ensino(1). Com base nisso, é válido analisar o que culmina esse problema, como a desvalorização por parte dos estudantes quanto aos cursos superiores de humanidades e a pouca atenção estatal dado ao ensino universitário.
(1) :arrow: Tipo quais problemas? Isso devido ao que?

Em primazia, entende-se que a desvalorização quanto aos cursos de humanidades do ensino superior pelo público estudantil se mostra um dos causadores do problema. A partir do pressuposto, com a descoberta do genoma do coronavírus por uma pesquisadora e cientista da universidade de São Paulo, fez-se a repercussão nas redes sociais sobre a importância de cursos como os de ciências e principalmente de humanas, nos quais são constantemente menosprezado em comparação com os cursos de exatas. Logo, compreende-se que nas instituições de ensino federal as matérias e os cursos que trazem como base uma reflexão sobre a sociedade e sobre o indivíduo, são sempre desvalorizados e tratados como os piores ramos das instituições, nos quais muitos dos alunos que os cursam são taxados preconceituosamente e de forma discriminatória. Com isso, é válido a reflexão da importância desses ramos para a manutenção da sociedade e principalmente das relações sociais. Portanto, a partir dos fatores mencionados, depreende-se o quanto a adversidade dentro do âmbito educativo superior colocar em risco a situação deste no Brasil.
PS: Como você sabe que as pessoas preferem exatas do que humanas? O seu argumento ficou muito bom, mas não apresentou nada que o comprovasse.

Ademais, faz-se mister salientar o quanto observa-se uma ineficiência estatal quanto ao ensino superior. Para isso, em 2019, fez-se a ocorrência de diversos protestos e passeatas por estudantes de ensino superior e técnico integrado ao ensino médio, quanto (poderia escolher outra expressão) aos cortes feito na educação pelo então atual presidente Jair Bolsonaro. Por meio disso, compreende-se o quanto o sistema educacional precisa de auxílio governamental, não só o superior, mas inclusive as escolas públicas, nas quais em maioria se encontram em péssimas condições e desatendendo diversos alunos e alunas quanto ao preparo para o ingresso superior por meio do Enem (como sabe disso?). Logo, faz-se compreensão sobre o quanto escolas e faculdades necessitam do apoio governamental para a estruturação do país e o quanto sua ineficiência afeta o desenvolvimento.
PS: Todos sabem que o ensino precisa do apoio governamental, mas como isso acontece? Qual é o desafio que o ensino corre quando o governo corta as verbas? Bom desenvolvimento, mas poderia ser melhor.


Dessa forma, é necessário soluções para os problemas vigentes. Portanto, cabe ao Ministério da Educação, por meio do Governo Federal e das Secretarias de Educação, criar um projeto político no qual forneça recursos e reestruture as escolas públicas, assim como as faculdades federais para o oferecimento de uma educação de qualidade, no mais a ampla possibilidade de jovens ingressarem no ensino superior e se manterem nos devidos cursos disponíveis. Ademais, esse projeto irá reformular a educação brasileira trazendo a adesão de dispositivos tecnológicos, ampliando a capacidade intelectual dos estudantes e fornecendo mais chances no mercado de trabalho. Isso tudo a fim de mudar o real cenário educacional do Brasil e libertar os jovens poetas através do ensino assim como no filme.

Só adicionei algumas coisas, não destaquei o que a Ash já havia dito. Boa redação, pequenos erros que são facilmente resolvidos. Cuidado com as repetições.
Qualquer dúvida estou à disposição! :D
Obrigada pelos apontamentos Jeniffeeee! Vou revisar os tópicos mencionados obrigada!!!

Isabela00 Obrigado!!

A constituição de 1988 documento jur[…]

Falar de saúde é sério, imagi[…]

GlendaMorais corrige pra mim por favor.

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM