Avatar do usuário
Por MariaSaraiva
Quantidade de postagens
#127029
Segundo o insigne escritor brasileiro Gilberto Dimenstein, em sua aclamada obra "O Cidadão de Papel", os direitos registrados nos documentos nacionais não são plenamente efetivados na prática, limitando-se aos papéis. Nesse sentido, a ideia desenvolvida por Dimenstein pode ser atribuída ao Brasil hodierno, em que as potenciais benesses das normas constitucionais se restringem ao plano teórico por conta da invisibilidade do trabalho de cuidado realizado pela mulher. Entende-se, pois, que esse quadro adverso possui como causas a omissão estatal e antigos pensamentos presentes na sociedade.
Diante desse cenário, é válido destacar, antes de tudo, que a negligência do Estado potencializa o problema. Isso posto, Émile Durkheim, renomado sociólogo francês, afirma que é dever do Estado gerenciar questões relacionadas ao progresso coletivo. O ideal de Durkheim, todavia, destoa da realidade, fato atribuído à quantidade irrisória, especialmente por parte do Governo Federal, de políticas que objetivam reconhecer a relevância do papel da mulher na realização do trabalho de cuidado, como leis que garantam remuneração às mulheres que atuam nesse campo profissional. Logo, observa-se que a máquina pública fere os princípios pontuados por Durkheim, atuando, assim, de forma displicente.
Observa-se, além disso, que antigos pensamentos acerca do papel da mulher representam um entrave na resolução do dilema. Sob esse viés, para o sociólogo brasileiro Betinho, a sociedade somente alcançará completo desenvolvimento quando afirmar alguns pontos cruciais, como a igualdade. Contudo, a máxima do autor não é concretizada na realidade, visto que a maioria da sociedade apresenta uma visão arcaica acerca da função social da mulher: restrita a cuidar do lar e educar os filhos. Esse antigo pensamento, portanto, corrobora q intensificação da problemática discutida e necessita, urgentemente, ser combatido.
Destarte, depreende-se que a invisibilidade sofrida pela mulher no trabalho de cuidado deve ser amenizada. Assim, o Governo Federalem parceria com o Ministério da Educação - responsável por promover o acesso à educação na sociedade - deve realizar palestras de conscientização semanais nas escolas por meio de parcerias com as secretarias estaduais e municipais de educação. As palestras devem ser realizadas com o intuito de promover maior valorização das mulheres e, gradativamente, erradicar antigos pensamentos que inviabilizam o reconhecimento da importância da mulher na sociedade. Com efeito, poder-se-á observar a concretização das normas constitucionais fora dos papéis, contrariando, portanto, o ideal desenvolvido por Dimenstein.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

Avatar do usuário
Por Sooofll
Quantidade de postagens Amigos
#127030
Redação incrível, parabéns!

Continue a nadar, continue a nadar....
0
Avatar do usuário
Por Nayanne
Tempo de Registro Quantidade de postagens
#127032
Muito boa redação, parabéns!!!
0
Avatar do usuário
Por JoaoPedro72
Tempo de Registro Quantidade de postagens Amigos
#127140
Ótimo texto, só vou fazer alguns comentários em relação à C3.

Você fala sobre a falta de políticas públicas e cita quais são elas. O problema seria a falta de justificação. Qual a razão pela qual o governo não está investindo nesse problema? Ele desvia verbas? Ele utiliza as verbas para aplicá-las em outros lugares? Justifique.

No D2, você desenvolve o argumento em um nível extremamente mínimo. Por que a sociedade pensa assim? Quais os motivos? Quais as consequências negativas disso?

Imagine uma vaca. Uma pessoa com uma mente ruim irá matá-la para comer carne. Uma pessoa com uma mente boa pegará o leite da vaca, venderá esse leite e comprará mais vacas para gerar mais leite. Não se contente com pouco, busque sempre elevar o seu nível!
1
Avatar do usuário
Por DaviCarlin
Quantidade de postagens
#127223
Consegue transcrever isso em 30 linhas?
0
Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
2 Respostas 
1150 Exibições
por vertinho
0 Respostas 
288 Exibições
por EduardaH25
0 Respostas 
317 Exibições
por dudalemos
0 Respostas 
283 Exibições
por matheus2306
0 Respostas 
175 Exibições
por EuMaiza
0 Respostas 
175 Exibições
por EuMaiza
0 Respostas 
208 Exibições
por Rayane86
0 Respostas 
207 Exibições
por Euu4
5 Respostas 
407 Exibições
por Caiunao
0 Respostas 
274 Exibições
por anastiny

Segundo as ideias do historiador Antônio Bar[…]

besourokafka - Sua introdução ap[…]

Felipe082 Maxy Alunaaaamed Casey12 Ke[…]

Obesidade é uma doença

A obesidade é um problema. Para muitos a […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM