Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
Por DavidBRBut
#41040
Promulgada pela ONU em 1948, a declaração universal dos direitos humanos garante a todos os indivíduos o direito à saúde e ao bem estar social. Entretanto, a precarização do SUS impossibilita que grande parte da população usufrua desse direito na prática. Diante dessa perspectiva, cabe avaliar os fatores que favorecem esse quadro. Não restam dúvidas de que a valorização do SUS é um desafio no Brasil - o qual ocorre, infelizmente, devido não só a falta de investimento, mas também a má administração pública do segmento da Saúde.

A saúde é um importante fator no desenvolvimento dde um país. Hodiernamente ocupando a nona posição na economia mundial, seria natural acreditar que o Brasil possui um sistema público de saúde eficiente. Contudo, a realidade é justamente o oposto e o resultado desse contraste é claramente refletido no SUS. Segundo uma pesquisa recente, mais da metade dos brasileiros consideram o Sistema Único de Saúde, no máximo, regular. Diante do exposto, é inadmissível o orçamento da Saúde pública brasileira ser, proporcionalmente ao PIB, menor que diversos outros países desenvolvidos, a exemplo do Canadá e da Noruega.

Faz-se mister, ainda, salientar a má administração pública como impulsionador da problemática. De acordo com o economista e diplomata brasileiro, Roberto Campos, cabe ao estado garantir ao indivíduo o acesso aos seus direitos naturais. Diante de tal contexto, é intolerável que o governo brasileiro utilize valiosos recursos orçamentários em meios e atividades desnecessárias, algumas delas, inclusive, ilegais.

Portanto, indubitavelmente, medidas são necessárias para resolver esse problema. Dessa maneira urge que o parlamento brasileiro, deve, por meio de emendas constitucionais, delimitar os gastos públicos para as mais importantes funções do estado, especialmente, a saúde pública, afim de valorizar o SUS. Com isso, o Brasil poderá, enfim, superar as deficiências do Sistema Único de Saúde.


(Ao corretor, por favor, aponte qualquer deficiência que encontre em minha redação, não se preocupe com nenhum hostilidade.)
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

Avatar do usuário
Por GlendaMorais
#41042
OI @DavidBRBut Irei corrigir sua redação ok!



Contextualização
Apresentação do tema
Tese
Termos coesivos
Tópico Frasal
Dados
Argumentação
Arrematação da Tese
Elementos da proposta de intervenção
Frase de efeito
Comentários




Promulgada pela ONU em 1948, a declaração universal dos direitos humanos garante a todos os indivíduos o direito à saúde e ao bem estar social. Entretanto, a precarização do SUS impossibilita que grande parte da população usufrua desse direito na prática. Diante dessa perspectiva, cabe avaliar os fatores que favorecem esse quadro. Não restam dúvidas de que a valorização do SUS é um desafio no Brasil - o qual ocorre, infelizmente, devido não só a falta de investimento, mas também a má administração pública do segmento da Saúde.
( Bom! Conxtualiza, apresenta o tema e a tese!)


( Cadê o termo coesivo?!)A saúde é um importante fator no desenvolvimento dde( de) um país. Hodiernamente ocupando a nona posição na economia mundial, seria natural acreditar que o Brasil possui um sistema público de saúde eficiente. * a realidade é justamente o oposto e o resultado desse contraste é claramente refletido no SUS. Segundo uma pesquisa( Exclareça a pesquisa!) recente, mais da metade dos brasileiros consideram o Sistema Único de Saúde, no máximo, regular. Diante do exposto, é inadmissível o orçamento da Saúde pública brasileira ser, proporcionalmente ao PIB, menor que diversos outros países desenvolvidos, a exemplo do Canadá e da Noruega.
( Argumentação pertinente, porém rasa. Apronfunde e estruture melhor suas ideias!)

Faz-se mister, ainda, salientar a má administração pública como impulsionador da problemática. De acordo com o economista e diplomata brasileiro, Roberto Campos, cabe ao estado garantir ao indivíduo o acesso aos seus direitos naturais. Diante de tal contexto, é intolerável que o governo brasileiro utilize valiosos recursos orçamentários em meios e atividades( Que atividades? Exclareça!) desnecessárias, algumas delas, inclusive, ilegais.
( Novamente, o mesmo problema do D1. Faltou aprofundamento da sua argumentação. Você apresentou comprovação, mas não aprofundou!)

Portanto, indubitavelmente, medidas são necessárias para resolver esse problema. Dessa maneira( vírgula) urge que o parlamento brasileiro( Escreva o agente em letras iniciais maiúsculas: Parlamento Brasileiro)( Agente), deve, por meio de emendas constitucionais( Meio), delimitar os gastos públicos para as mais importantes funções do estado( Ação), especialmente, a saúde pública, afim de valorizar o SUS( Finalidade). Com isso, o Brasil poderá, enfim, superar as deficiências do Sistema Único de Saúde.

Sua redação é boa. Você sabe planejar e estruturar bem! Só se atente para os aspectos importantes que faltam ok.
Qualquer coisa, tamo ai! Me chamo @GlendaMorais :D

*Perdoem o erro "afim" ao invés d[…]

vcs poderiam corrigir?

Tendo em vista a atual situação de f[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM