• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#91508
Em meados de novembro de 2019, lá na China, começava a se falar de uma nova doença que estava se espalhando rapidamente, a Covid19. O que começou com uma epidemia, logo se tornou uma pandemia e a vida de todos virou de cabeça para baixo. Para vencermos a doença, medidas de isolamento foram aplicadas, o que forçou a mudança no nosso cotidiano, com isso uma das áreas mais afetadas foi a educação. Escolas com aulas totalmente presenciais passaram a ser online.

É certo que, não podemos deixar a nossa juventude sem educação, porém sabemos que o nosso país enfrenta uma desigualdade social bem agravante, então nem todos pode ter um computador ou um acesso a internet para assistir as aulas.

Outra problemática da modernização do ensino é a falta de contato humano para com os alunos. Algumas pessoas têm facilidade de aprendizado, podendo ser até autodidatas, mas há sempre aquele grupo que precisa de uma atenção especial para acompanhar os ensinamentos, e creio que o contato com a tela não seja suficiente para essas pessoas.

Eu acredito que a modernização é inevitável, mas também acredito em igualdade para todos, a educação como bem essencial tem que ser garantida de forma plena na sociedade, e creio que – futuramente – com a constante modernização, todos nós teremos acesso a um computador e a uma internet de qualidade.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra domínio mediano da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com estrutura sintática mediana para o grau de escolaridade exigido, porém com alguns desvios morfossintáticos, de pontuação, de grafia ou de emprego do registro adequado ao tipo textual.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação previsível e apresenta domínio mediano do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Com essa pontuação, ou o tema da redação é desenvolvido adequadamente, porém de forma previsível, com pouco avanço em relação ao senso comum ou, embora o texto demonstre domínio adequado do tipo textual exigido, a progressão textual apresenta algum problema.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula de forma mediana as partes do texto com inadequações ou alguns desvios e apresenta repertório pouco diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora, de forma mediana, pouco consistente, proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.

0
#92262
@gilmargos, bom dia, Gil! já que o modelo não é Enem, tem como colocar as especificações de como a banca corrige a redação, aqui nos comentários?! isso ajuda muito o corretor, no momento da correção.

Se você acha que eu contribuí com seu aprendizado e que minha correção vale o preço de um café, meu pix é abia.caetano12@gmail.com.
Além disso, fiquem a vontade de me mandar mensagem caso surjam dúvidas. ❤
0
#92495
abiaacs escreveu:@gilmargos, bom dia, Gil! já que o modelo não é Enem, tem como colocar as especificações de como a banca corrige a redação, aqui nos comentários?! isso ajuda muito o corretor, no momento da correção.
@abiaacs De acordo com a portaria da Univesp, é uma redação dissertativa-argumentativa estilo Enem, com a diferença de que eu tenho que expor meu ponto de vista. Obrigado pela correção.
0
#92544
boa noite, Gil

Estarei corrigindo segundo a modalidade da Univesp.

A) Tema: avalia-se, neste critério, se o texto do candidato atende ao tema proposto;
B) Estrutura (gênero/tipo de texto e coerência): consideram-se aqui, conjuntamente, os aspectos referentes ao gênero/tipo de texto proposto e à coerência das ideias;
C) Expressão (coesão e modalidade): consideram-se, neste item, os aspectos referentes à coesão textual e ao domínio da norma padrão da língua portuguesa.

Logo estabelecerei esse método de pontuação:

A: 20 pontos;
Você tirou: 20 pontos, não houve em nenhum momento fuga do tema.

B: 40 pontos;
Você tirou: 15 pontos, peguei os 40 e dividi por 2, que é o gênero (de 20 pontos, você tirou 0 pontos) e a coerência (de 20 pontos, você tirou 15 pontos)

C: 40 pontos.
Você tirou: 20 pontos, devido ao uso de expressões e palavras coloquiais.

TOTATL: 100 pontos.
Você tirou: 55 pontos.

Em meados de novembro de 2019, {1- lá na China, começava a se falar} de uma nova doença que estava se espalhando rapidamente, a Covid19. (ausência de conectivo) O que começou com uma epidemia, logo se tornou uma pandemia e {1- a vida de todos virou de cabeça para baixo}. Para {1- vencermos} a doença, medidas de isolamento foram aplicadas, o que forçou a mudança no {1- nosso} cotidiano, com isso uma das áreas mais afetadas foi a educação. (ausência de conectivo) Escolas com aulas totalmente presenciais passaram a ser online (e isso trouxe diversos desafios ao sistema educacional do país. problematize o tema para ser discutido no desenvolvimento).

{1}: Uso de verbos na 3º pessoa e frases coloquiais. Quando é um texto dissertativo-argumentativo, não usamos expressões coloquiais. Para te explicar melhor, essas frases ficaram parecendo que você está contando um história para alguém, ou seja, está falando com o leitor. O que na modalidade pedida, é inaceitável. Mais adiantes estarei te informando como melhorar isso.

(ausência de conectivo) É certo que, não podemos deixar a nossa juventude sem educação, porém sabemos que o nosso país enfrenta uma desigualdade social bem agravante, então nem todos pode ter um computador ou um acesso a internet para assistir as aulas. (como você pode provar que existe uma desigualdade social no Brasil? traga dados. e como isso reflete na sociedade? quais são as problemáticas para o futuro desses jovens? tente trazer mais argumentos e evite falar na 1ª pessoa do plural)

(ausência de conectivo) (há) Outra problemática da modernização do ensino(, a qual) é a falta de contato humano para com os alunos. Algumas pessoas têm facilidade de aprendizado, podendo ser até autodidatas, mas há sempre {1- aquele} grupo que precisa de uma atenção especial para acompanhar os ensinamentos, e { 1- creio} que o contato com a tela não seja suficiente para essas pessoas. (prove isso, traga citações trechos de livros, exemplos de filmes que ocorre esse problema)

{1- Eu acredito} que a modernização é inevitável, mas {1- também acredito em} igualdade para todos, a educação como bem essencial tem que ser garantida de forma plena na sociedade, e {1- creio} que – futuramente – com a constante modernização, {1- todos nós} teremos acesso a um computador e a uma internet de qualidade. (você acreditando nisso é a solução desses problemas?. na conclusão você deve elaborar uma proposta que solucione essa problemática. é você que tem que dizer como resolver. não precisa ser tão elaborada, quanto a do Enem, mas é necessário o básico, para ser considerada como solução)

Acredito que você esteja iniciando na escrita, então eu recomendo que estude o modelo dissertativo-argumentativo, para familiarizar com a escrita formal e culta que é exigida. Acredite, eu queria que as redações desse modelo fossem escritas assim kkkkk. iria deixar tudo mais fácil, mas infelizmente não é assim. Além disso, procure estudar sobre os conectivos para ligar um tópico frasal com outro. Estarei deixando uma vídeo aula para melhorar sua conclusão, não precisa seguir a risca, pois os vestibulares são bem tranquilos quanto a isso, mas procure entender como é formado uma proposta de intervenção.

PARA A CONCLUSÃO:

Se você acha que eu contribuí com seu aprendizado e que minha correção vale o preço de um café, meu pix é abia.caetano12@gmail.com.
Além disso, fiquem a vontade de me mandar mensagem caso surjam dúvidas. ❤
0
#92547
tema: o combate a depressão na sociedade brasileira
Necessidade de diálogos e suícidio
Ao longo da história brasileira, convivemos, com uma questão que trouxe e traz grande desconforto, ao tentar combater á depressão na sociedade, lidamos com dois aspectos: a falta de diálogo e aumento de casos de suícidio ligado ao problema.
Em primeira tese, vemos, que por muito tenpo lidamos com a falta de diálogo, onde, ocorre sérios danos. Desde já, na tentativa de amenizar a situação foram criadas ONGS onde ocorre incentivo para diálogar, quando buscamos ajuda ou ajudar começamos a mover "montanhas" e mudamos situações que não havia solução e abrimos caminhos.
Outro aspecto relevante é, c0omo, nos deparamos com o número crescente de mortes, ligado a tese anterior que é quando comprovamos que falta de diálogo tem sérias consequÊncias, na qual podemos avaliar em síntese que o melhor caminho a se buscar é manter diálogo. O governo, como um todo nos promove ONGS, apoios, psicólogos para promover amenização deste problema que a cada ano que passa se agrava.
Com efeito extraordinário vemos o número de casos de depressaõ se elevar cada vez mais, e por isso, juntos com apoios fornecido pelo governo através do SUS, ONGS, se incentivarmos pessoas a quebrarem esse tabu da falta de diálogo, reduziremos de uma forma absuda o número de caos de depressão e caos de suícidios. Além disso, mostraremos ao mundo que por mais individual que seja a problema, juntos, em comunidade a sociedade influenciará em coletivo as atitudes de quem sofre esse tipo de distúrbio.
0
Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
0 Respostas 
69 Exibições
por SarahK
3 Respostas 
5957 Exibições
por Mylike
1 Respostas 
1762 Exibições
por EmillyySilva
5 Respostas 
268 Exibições
por Felipe082
0 Respostas 
69 Exibições
por TuVitor
5 Respostas 
402 Exibições
por Felipe082
5 Respostas 
157 Exibições
por Taliny
0 Respostas 
140 Exibições
por Priscila0818
1 Respostas 
5985 Exibições
por Anne24
0 Respostas 
30 Exibições
por Guilhermeos

Katsmoking Oi! Pode corrigir,por favor?

A cultura do cancelamento

lar1swz

A constituição federal de 1988, docu[…]

De acordo com o artigo 196 da Constituiç&at[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM