Avatar do usuário
Por Melissa1234
Tempo de Registro Quantidade de postagens
#71922
É sabido que a exploração do trabalho infantil não é um imbróglio atual, pois impulsionou-se ainda no período da Revolução Industrial, em 1840, em que crianças passaram a trabalhar nas fábricas. Assim, é notório que a problemática persiste, sendo essencial compreender as causas do impasse, a fim de atalhar a situação.
Isto posto, de acordo com o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente), é proibido qualquer trabalho a menores de dezesseis anos de idade, salvo na condição de aprendiz a partir de quatorze anos. Porém, o cenário perceptível é que ainda há muitas empresas assentindo este tipo de mão de obra, indubitavelmente por a mesma ser de baixa remuneração. Ademais, é válido ressaltar que a precariedade de serviços prestados por fiscais, os quais, (atuantes até o momento) não exercem seu trabalho de forma eficaz.
Outrossim, é fulcral mensionar que a inserção precoce dos jovens no mercado de trabalho advém da precária condição financeira parental, a qual estimula-os a buscarem por vagas de emprego, visando suprir essa deficiência monetária. Em virtude desses fatos, as crianças ficam restritas à escola e a momentos de lazer. Destarte, urge a extrema necessidade de alteração nas condições vigentes, de modo a reduzir os índices de trabalho infantil.
Por fim, diante do exposto, é mister a atuação do Ministério da Educação e Cultura em organizar, por meio de verbas, cursos profissionalizantes totalmente gratuitos, direcionados às famílias com precariedade financeira, a fim de evitar a recorrência de crianças no ramo laboral. Destarte, faz-se necessária uma fiscalização mais rígida nas empresas, com o intuito de impedir a ação da mão de obra infantil. Caso haja a mesma, o proprietário do local deverá pagar multa e prestar depoimento. Ademais, é imprescindível que o governo, em parceria com o MEC, disponibilize o ensino integral nas escolas, com o intuito de as crianças permanecerem mais tempo na escola, mantendo-as fora da rua.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
2 Respostas 
304 Exibições
por 3m1ly
7 Respostas 
393 Exibições
por SSCarlosS7
1 Respostas 
1246 Exibições
por laylaemyly
1 Respostas 
178 Exibições
por igzl
Trabalho infantil no Brasil
por Francis29    - In: Outros temas
3 Respostas 
257 Exibições
por Francis29
1 Respostas 
133 Exibições
por Kari004
5 Respostas 
191 Exibições
por dudareis
1 Respostas 
289 Exibições
por Hods
7 Respostas 
350 Exibições
por Mylike
Trabalho infantil no Brasil
por IZABELLAAAA    - In: Outros temas
0 Respostas 
67 Exibições
por IZABELLAAAA

Fundada em 1903, uma instituição psi[…]

Na série “Ginny e Georgi” uma d[…]

Katsmoking , aa mt obrigada ^^

Redação excelente! Parabéns :[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM