Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por emytrixx
#60656
No Brasil, apesar dos avanços promovidos pelo crescimento de políticas sociais na última década, o trabalho infantil no Brasil ainda se apresenta como uma significativa problemática. Desde a Revolução Industrial essa vicissitude é uma realidade. Nesse âmbito é lícito destacar como principais causas do problema a baixa renda e a falta de fiscalização.
Convém ressaltar, a princípio, que a baixa renda é fator determinante para a permanência do problema. Consoante a Declaração dos direitos humanos "Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e direito", mas, infelizmente, não é isso que acontece. No Brasil diversas crianças vivem abaixo da linha da pobreza, por isso, são obrigadas a trabalhar. Logo, elas não nascem livres e sim trabalhando.
De mesmo modo destaca-se que a falta de fiscalização também é fator determinante. A Constituição Federal Brasileira deixa claro que crianças abaixo de 16 anos não devem trabalhar, todavia não é isso que acontece. Segundo Gilberto Dimenstein em seu livro Cidadania de papel, ele diz que a Constituição acontece apenas no papel, o que, de fato, é verdade. Logo, sem leis rígidas para a fiscalização no Brasil, o trabalho infantil continuará.
Para que a adversidade seja minimizada, portanto, é necessária uma intervenção das autoridades competentes. Sendo assim, o Governo através de leis mais rígidas contra o trabalho infantil deve fiscalizar estabelecimentos e áreas rurais. Nesse sentido, o intuito da proposta é libertar crianças para que elas tenham uma infância saudável, o que irá proporcionar, consequentemente, a diminuição do trabalho infantil no Brasil. Feito isso, o conflito vivenciado será gradativamente erradicado no país.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

A constituição federal de 1988, docu[…]

Violência doméstica

Agressão a Maria da Penha Vemos que atualm[…]

Obesidade no Brasil

Segundo dados do IBGE, em 2019 um quarto da popula[…]

Medo provocado por pandemia

*Medo causado pela pandemia* Diante de um cas[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM