Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por Allanaa
#58610
Já se passou 132 anos desde a aprovação da primeira lei de abolição da escravatura no Brasil, e apesar de ter ocorrido a muito tempo, ainda é evidente a sua existência em nosso país. Ao analisarmos o status de vida do escravo atual pode-se perceber que são pessoas com uma coisa em comum: elas passam por um clico e ela só possuem apenas uma alternativa para a quebra de sua realidade.

Inicialmente tem-se o cidadão com vulnerabilidade socioeconômica que acaba migrando para outras regiões em busca de novas oportunidades, nesse processo acaba acontecendo o aliciamento e exploração sexual, principalmente de crianças. Ao chegar ao seu destino, o trabalhador é submetido a condições péssimas e miseráveis de trabalho e sem a garantia de seus direitos, o chamado trabalho escravo, se inicia.

Por fim, geralmente há casos de fuga do local de trabalho escravo, e caso obtenha-se o êxito, a vítima pode denunciar sua situação, levando ao fim do clico. Mais de 47 mil trabalhadores já foram resgatados dessas condições desde 1995 e 95% desses trabalhadores são homens analfabetos ou com escolaridade até o quinto ano. Esses quesitos potencializam a tendência ao trabalho escravo em nosso país. Apesar de todo o processo de liberdade, muitos indivíduos voltam a ser escravos por ainda se apresentarem em situação miserável, reiniciando assim, o ciclo da escravidão contemporânea.

Com o objetivo de finalizar o ciclo da escravidão, pode-se aplicar três princípios: Prevenção, proporcionada por meio da educação, da promoção da informação, do associativismo e do cooperativismo para gerar renda dentro de comunidades carentes. Assistência às vítimas, que inclui a necessidade de alojamento temporário, o pagamento de direitos e a qualificação profissional para que aquela pessoa não volte ao mesmo estado em que se encontrava no início do ciclo. E a repressão, que acontece por meio da punição dos criminosos, que pode incluir pena, sob regime de reclusão, de dois a oito anos. Assim o Brasil poderá ser aquilo que Renato Russo procurou :“Deve haver algum lugar onde o mais forte não consegue escravizar quem não tem chances.”.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

alguém, por favor, pode corrigir ?

Alguém pode corrigir?

A constituição histórica e cu[…]

Na série " as telefonistas ", em […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM