Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#50883
Cogita-se que mesmo com a implantações de Leis no Brasil para acabar com a violência contra a mulher, os casos em manchetes de jornais continua em alta. A desigualdade de gênero ainda é notável e em alguns casos as mulheres vítimas de agressão teme fazer a denúncia seja por medo, vergonha ou culpa.
  Ao longo do tempo foram surgindo Leis no Brasil para acabar com a violência contra as mulheres na sociedade brasileira, como a da Maria da Penha (2006), a do Feminicídio  (2015) e a de Importunação Sexual  (2018). Ainda convém lembrar que mesmo que o número de casos tenha diminuído comparado ao número de casos antes da implantações das Leis, ainda sim a quantidade de casos é alta.
  Em consequência disso o temor das vítimas é grande e acaba não conseguindo fazer a denúncia por ter medo do agressor sair impune, se envergonhar pelo que passou ou até mesmo por chantagens e ameaças direcionado a vítima. Outro fator existente é que em alguns casos o agressor não é um estranho e acaba fazendo a vítima o perdoar virando um ciclo de um relacionamento abusivo.
  A falta de informação também é prejudicial, existe casos de mulheres que acham que agressão é só a física e as vezes está em um relacionamento abusivo com violência psicológica, moral e entre outras e acaba não denunciando por falta de informação. Por outro lado mesmo com leis e medidas preventivas que impede o agressor de se aproximar, em alguns casos as medidas preventivas não o impede de aproximar e ameaçar, ou eles até mesmo encontrar um meio de bulas a lei e acaba por terminar em tragédia, causando temor em outras vítimas e até mesmo desistência ao denunciar.
  Em virtude dos fatos mencionado o governo deveria aumentar o número de palestras e divulgar campanhas em lugares públicos sobre todos os tipo de violência contra a mulher, aumentar as fiscalizações das medidas preventivas e implantar botões de assédio em todos os transportes públicos brasileiro.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

dudaramos1 Assim que possível corrige min[…]

Já faz alguns anos que a reduç&atild[…]

O estigma da saúde mental

Transtornos psicológicos Com freq[…]

atualmente, é difícil estabelecer co[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM