Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#41760
TEMA: O PATRIOTISMO EM QUESTÃO NO BRASIL.



Na obra ‘’Triste Fim de Policarpo Quaresma’’, do escritor Lima Barreto, a trajetória do protagonista é marcada pelo patriotismo exaltado em sua conduta e escolhas de vida, fato considerado estranho pelas pessoas ao seu redor. De maneira análoga, o cenário brasileiro atual é caracterizado pela polarização frente à identidade nacional, onde se têm a oposição entre ufanistas e indivíduos que não são possibilitados de reconhecer os símbolos cívicos como integrantes da sua cultura. Nesse contexto, não apenas a negligência estatal, como também a apropriação política desse sentimento são os maiores indícios dessa problemática.

Em primeira análise, cabe pontuar que, o artigo 215 da Constituição Federal de 1988 assegura que o conhecimento da cultura nacional e sua manifestação são direitos primordiais. Contudo, a esfera governamental não atua satisfatoriamente para viabilizar essa premissa, uma vez que mecanismos primários, como as instituições educacionais, acerca de representações da pátria, são, em geral, postos em segundo plano. Dessa maneira, tal postura contraria os ideais modernistas indicados pelo ‘’Movimento Verde e Amarelo’’, buscava valorizar a identificação nacional e desenvolve-la entre todos os estratos da sociedade, visto que os valores e a moral conquistadas por meio dela são essenciais para formação cidadã. Sendo assim, é necessário que o Poder Público repare esse impasse através de medidas instrutivas.

Ademais, vale ressaltar, ainda, que a utilização do patriotismo no âmbito político é, majoritariamente, uma ferramenta para conquistar apoiadores pautada no enaltecimento do território e seus elementos emblemáticos. De acordo com o sociólogo francês Pierre Bourdieu, essa ação se trata um ‘’Poder Simbólico’’, cujo é determinado pela influência do corpo social via instrumentos representativos. Nesse sentido, esse meio de manipulação, também retratado no livro de Barreto, na passagem em que Policarpo concorre ao cargo de vereador, é responsável pela perpetuação de discursos nacionalistas extremistas, de ódio e intolerantes, os quais devem ser combatidos legalmente.

Diante dos fatos mencionados, é mister que providências sejam tomadas para reverter os aspectos negativos do patriotismo no Brasil. Para resolver esse entrave, urge que o Ministério da Educação institua campanhas semanais em escolas e universidades sobre a conjuntura cívica da nação, por meio de palestras socioeducativas ministradas por sociólogos, exposições artísticas típicas e debates, a fim de que a identidade cultural seja expandida exercida com discernimento. Dessarte, o propósito da Magna Carta será cumprido.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

De acordo com o filósofo René Descar[…]

Posso sim, Lamounier ! Temo que irá demora[…]

MAUROJUNIOR Erros Correção[…]

A Declaração Universal dos Direitos […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM