Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#50461
Durante a Segunda Guerra Mundial, a ciência nazista, por meio de seus experimentos cruéis, usou de cobaias humanas para a validação da superioridade genética do povo alemão. Atualmente, mesmo que a comunidade científica já tenha derrubado essa suposta afirmação da existência de um genoma étnico-humano superior aos demais, os resultados das experiencias elaboradas pelos cientistas alemães nesse período, estão sendo reaproveitados para o auxílio na salvação de vidas. Neste sentido, deve-se debater se as pesquisas científicas precisão ou não serem limitadas pelos fatores do avanço tecnológico e do papel da ciência no meio social.
Primeiramente, é preciso entender que com as invasões tecnológicas advindas de longas contribuições e estudos científicos, a sociedade passou a experimentar novas formas de se comunicar, transportar e se relacionar. Contudo, em seu livro, Homo Deus, o escritor israelense Yuval Harari exemplifica que, mesmo com a tecnologia fornecendo ao homem um certo grau grau de conforto e confiabilidade, ela pode ser direcionada para a fabricação e disseminação de uma superbactéria mortal sobre a população de um determinado país. Dessa forma, as contribuições científicas podem possuir duas faces opostas, a da produção de auxiliadores para o bem estar social e a da produção de meios para a destruição do mesmo, assimilando-se, assim, a ciência nazista.
Além do mais, com o mundo submerso no processo de globalização, as inovações da ciência passam por uma divulgação nunca vista antes em sua história. Dentre elas, está a capacidade de modificação do genoma humano, descoberta pelo cientista chinês He Jiankui, para o extermínio de doenças hereditárias de um futuro ser. Porém, isso poderia ser usado para a restruturação estética humana, uma vez que a sociedade cria padrões de beleza que inferioriza seus indivíduos.
Portanto, deve-se haver, sim, limites sobre as pesquisas científicas já que a ciência também faz parte da estrutura social, podendo influenciá-la. Para isso, a Organização das Nações Unidas, deve, por meio de seus mecanismos administrativos, criar políticas constitucionais em consenso com países investidores de tecnologia de cunho bélico e biológica, que estabeleçam a proibição do uso dos meios do conhecimento para ameaçar a integridade física atual e futura dos indivíduos da sociedade humana. Sendo assim, a ética no campo da ciência será mais uma vez fortalecida.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

A história mostra que desde o iníci[…]

EDUCAÇÃO

Alguém me explica como apagar essa reda&cce[…]

Na obra "Se Enlouquecer não se Apaixon[…]

No final do ano 2019 se espalhou pelo mundo a not&[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM