• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#43471
Título: Conhecimento histórico

No filme "Estrelas além do tempo" é possível notar concepções construídas a partir de uma sociedade patriarcal e segregativa por conta da cor, entretanto atualmente muitas das atitudes demonstradas no filme já foram extintas e cabe à sociedade continuar extinguindo estes padrões. Logo, é possível entender porque compreender o passado é tão importante, por isso todos têm o dever de auxiliar na criação de um pensamento o qual associe presente e pretérito.
É notório a pouca evolução dos negros, que no século 15 eram escravizados e silenciados e atualmente necessitam lutar pelos seus direitos. Mesmo depois da abolição da escravatura, os brancos ainda acreditavam que eram uma raça superior, observa-se pelo nazismo, 1 século após a libertação dos escravos e ainda existia a denominação de "raça pura" e a errônea crença de extinguir negros. Resquícios desse racismo ainda existem na sociedade quando os oprimidos ainda não possuem representatividade e direitos que preservem sua vida.
O incêndio do Museu Nacional foi um acontecimento que cabe a reflexão de todo o conhecimento perdido. Não se trata apenas do acervo físico mas faz-se presente a ironia de que no Brasil, não preserva-se a história de maneira adequada, inclusive está suscetível à manipulação para construir-se uma falsa verdade e disseminá-la como verdade absoluta. Perante isso, observa-se quão leiga as pessoas tornaram-se diante da história e quanto necessitam de um real aprendizado.
Em suma, o pretérito faz-se presente em tudo. É necessários olhar com clareza para estas questões, o mundo tornou-se um lugar injusto por conta de pessoas que não souberam ter esta perspectiva, é dever do cidadão ter consciência de que todos devem ter direitos iguais, para que haja equidade e maior justiça, portanto, se faz tão necessário a compreensão do passado para melhorar o futuro.

Utilizei tema anterior da FUVEST. Se puderem me dizer algo sobre o título, eu ficaria muito grata
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

#43487
Título: Conhecimento histórico
* Sugestão: "o conhecimento a partir do passado" (ou pretérito: que foi o termo que você mais usou na redação). Acredito que é bom pegar palavras-chaves da sua redação/tese para montar o título

No filme "Estrelas além do tempo", [vírgula] é possível notar concepções construídas a partir de uma sociedade patriarcal e segregativa por conta da cor. Entretanto, atualmente muitas das atitudes demonstradas no filme já foram extintas e cabe à sociedade continuar extinguindo [poderia utilizar o termo: desconstruir] estes padrões. Logo, é possível entender porque compreender o passado é tão importante, por isso todos têm o dever de auxiliar na criação de um pensamento o qual associe presente e pretérito.
* Mais atenção com a pontuação, o uso de vírgulas

[conectivo de desenvolvimento] É notório a pouca evolução dos negros, que no século 15 eram escravizados e silenciados, e atualmente necessitam lutar pelos seus direitos. [conectivo] Mesmo depois da abolição da escravatura, os brancos ainda acreditavam que eram uma raça superior, observa-se pelo nazismo, um século após a libertação dos escravos e ainda existia a denominação de "raça pura" e a errônea crença de extinguir negros. [conectivo] Resquícios desse racismo ainda existem na sociedade quando os oprimidos ainda não possuem representatividade e direitos que preservem sua vida.
* Faltou arrematação do §
* Trouxe muita contextualização e pouco ponto de vista (tese)


[faltou conectivo] O incêndio do Museu Nacional foi um acontecimento que cabe a reflexão de todo o conhecimento perdido. [conectivo] Não se trata apenas do acervo físico, [vírgula] mas faz-se presente a ironia de que no Brasil, não preserva-se [se preserva] a história de maneira adequada, inclusive está suscetível à manipulação para construir-se uma falsa verdade e disseminá-la como verdade absoluta. Perante isso, observa-se quão leigas as pessoas tornaram-se [se tornaram] diante da história e quanto necessitam de um real aprendizado.
* Aqui já teve uma arrematação no §
* Fazer mais o uso dos conectivos para ligar e organizar as orações e parágrafos
* Mais atenção com o uso do -se (muita repetição é prejudicial em qualquer redação)
* Trouxe a informação do texto motivacional, e tem que tomar cuidado em repetir o que ele já fala, esses textos de ajuda servem para te dar um norte do que você deve argumentar, você poderia trazer a ideia de que o Brasil não valoriza os museus, tanto que aqui não existe um museu exclusivo da escravidão ou da ditadura - igual existe em outros países, por exemplo os campos de concentração nazistas viraram museus


Em suma, o pretérito faz-se presente em tudo. [conectivo] É necessários olhar com clareza para estas questões [generalizou], o mundo tornou-se um lugar injusto por conta de pessoas que não souberam ter esta perspectiva, é dever do cidadão ter consciência de que todos devem ter direitos iguais, para que haja equidade e maior justiça, portanto, se faz tão necessário a compreensão do passado para melhorar o futuro.
* A conclusão ficou superficial, poderia ter responsabilizado o Estado junto com o Ministério da Educação e o Ministério da Cidadania para trazer na disciplina de História a verdadeira história da escravidão e ditadura. E proposto a criação dos museus sobre essas épocas também. Assim a sociedade iria conhecer essa outra perspectiva. As pessoas não tem muito conhecimento e existe uma distorção e até uma romantização dessas épocas.

Espero ter ajudado! ;)
#74967
Título: O passado no presente.
Ao longo da história mundial, vemos vários casos de intolerância religiosa contra grupos pertencentes a minoria, como, por exemplo, a perseguição contra os Judeus na época do Nazifacismo, durante a Segunda Guerra Mundial. Portanto, estudar o Nazifacismo é importante para entender a intolerância religiosa que ainda ocorre hodiernamente.

Um relato famoso da época é o "Diário de Anne Frank", escrito por uma adolescente Judia de apenas 13 anos, Anne Frank. Ela ficou escondida, durante a maior parte da Segunda Guerra Mundial, na Holanda. Esse relato, retrata a perseguição brutal de Hitler e seu exército nazista contra os Judeus, pois, o mesmo , acreditava que os Judeus contaminavam a sociedade alemã e por serem os responsáveis pela situação socioeconômica da Alemanha na época.

Atualmente, a violência contra grupos religiosos vão além somente da sociedade Judaica, mas sim, estão presentes em todos os lugares do mundo, sendo praticado por grande parte das pessoas. Um exemplo, muito ocorrido, é achar que todos os que são mulçumanos estão ligados ao terrorismo, enquanto, a maior parte dos mesmo, não possui nenhuma ligação com esse tipo de ocorrência.

Como podemos perceber, ações do passado podem afetar o jeito em que uma sociedade age no presente. O nazifacismo, é só uma parte da história que aumenta o ódio coletivo contra os Judeus. A intolerância religiosa é um fator, que assombra muitos grupos religiosos e até mesmo pessoas até os dias atuais.

Total de 25 linhas na folha escrita.
Maria Nunes, desde já agradeço :) @jheromagnoli

GabrielPB , Mylike JoaoPedro72 Alexsandro […]

São muitos os casos de impunidade do sistem[…]

Bom dia pessoal, JoaoPedro72 , muito obrigado p[…]

Agora que lembrei que não é poss&iac[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM