Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
Por Etelmira Pereira
#5377
Desde muito tempo, mulheres e adolescentes tem sido vítimas de assédio sexual.
Sabemos que mesmo na antiguidade milhares de mulheres sofreram abusos sexuais, tanto nas ruas, como até mesmo dentro da própria família. Onde o pensamento machista predomina até hoje.
Apesar da evolução humana e tecnológica, esse crime inaceitável continua presente em nossa atualidade. E mesmo com todas essas mudanças, leis criadas para proteção da mulher, o homem ainda se acha no direito de tocar no corpo da mesma sem permissão, infringindo a lei de ir e vir do cidadão.
Muitas mulheres e adolescentes que já foram assediadas dentro dos transportes públicos, principalmente no estado de São Paulo, 90% delas não denunciaram o agressor. Pois raramente acontece a punição, simplesmente o criminoso prestaria o depoimento e em seguida seria liberado, gerando indignação e repúdio. E também pelo constrangimento que ao chegarem na delegacia, são questionadas em relação ao tipo de roupas que estavam usando e acabam sendo acusadas de provocarem o assédio.
Independente da forma que a mulher esteja vestida, ela deve ter seus direitos e valores respeitados.
Além disso, o abuso sofrido e o trauma psicológico, que ficará registrado para sempre na vida dessas mulheres.
Ao longo do tempo, a mulher vem conquistando seu espaço na sociedade, competindo com os homens em várias áreas do mercado de trabalho. Mesmo com todo esse sucesso, tem tido seus direitos desrespeitados, sendo injustiçadas pela desigualdade de gênero.
Por mais que a mídia e grupos de manifestos façam denúncias e campanhas nas redes sociais, divulgando casos de assédio sexual, apoiando e encorajando as mulheres vítimas desse crime, fazerem o mesmo.
É preciso mais apelações, pressionando o governo federal, para que revejam as leis que garantem a proteção e os direitos da mulher em relação esse crime que é o assédio sexual. Para que a punição seja mais rigorosa e impedindo à ação do criminoso à praticar o abuso sexual. Evitando um trauma psicológico, a possíveis futuras vítimas e para que elas não sejam, mais uma nas estatísticas de crime contra a mulher.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 60

Você atingiu aproximadamente 30% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra domínio insuficiente da modalidade escrita formal da língua portuguesa, com muitos desvios gramaticais, de escolha de registro e de convenções da escrita. Seu texto apresenta estrutura sintática com certa organização, porém com muitos desvios morfossintáticos, de pontuação, de grafia ou de emprego do registro adequado ao tipo textual, que comprometem a compreensão das ideias.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 100

Você atingiu aproximadamente 50% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação previsível e apresenta domínio mediano do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Com essa pontuação, ou o tema da redação é desenvolvido adequadamente, porém de forma previsível, com pouco avanço em relação ao senso comum ou, embora o texto demonstre domínio adequado do tipo textual exigido, a progressão textual apresenta algum problema.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 100

Você atingiu aproximadamente 50% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

Por Stephanyab
#53722
Promulgada pela Onu em 1948, a Declaração Universal dos Direitos Humanos, garante a todos os indivíduos à eixo de segurança pessoal e bem- estar social. Contanto, as mulheres que sofrem por assédio sexual se tornam impossibilitadas de desfrutar desse direito universal na prática, com segurança e respeito. Nessa perspectiva, essws desafios devem ser superados de imediato para que uma sociedade integrada seja alcançada.
Diante disso, esse tipo de violência se caracteriza em comportamento que força e viola a vontade, a escolha, e o espaço do outro; tocar ou apalpar sem permissão, e até mesmo um elogio na rua com um assobio quando a mulher passa. Além desse fato, pode ocorrer em qualquer lugar, sendo espaços públicos ou privados, casos explícitos ou velados, infelizmente. Nesse sentido, portanto, pelo caráter predominantemente patriarcalista e machista das sociedades em geral, as mulheres tendem a sofrer mais desse tipo de agressão.
Faz-se mister, ainda, salientar o machismo patriarcal como impulsionador do problema. De acordo com Nelson Mandela, Ex-Presidente sul-africano e líder pacifista, "a educação é a arma mais poderosa que se pode usar para mudar o mundo", no que diz respeito ao aprendizado de valores éticos. Portanto, assédio é crime, e o autor da violência pode ser condenado a quitar multa ou ir para a prisão. O Art.216 do Código Penal define tal agressão como ato de constranger alguém com o intuito de obter vantagem ou favorecimento sexual.
Infere-se, no entanto, que ainda há entraves para garantir a solidificação de políticas que visem à construção de um mundo melhor. É direito da vítima recorrer á lei para que haja justiça; veículos midiáticos podem divulgar situações, de modo que possa instruir aos cidadãos à busca por seus direitos, quando forem vítimas. Em âmbito educacional, as crianças e adolescentes devem ser conscientizadas sobre o assunto desde cedo. Dessa forma, o Brasil estaria próximo ao triunfo.

"O cidadão invisivel" trata da de[…]

Promulgada pela ONU em 1948, a Declaraç&ati[…]

Na obra "Utopia", do escritor inglê[…]

Bom dia, vou colocar aqui os pontos q vc pode melh[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM