Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por Allissom
#50267
Manter a saúde em dia é muito importante para uma vida saudável. Porém, fica claro que fazer consultas rotineiras e tomar remédios não são nem a metade da definição da palavra "saúde". Segundo a OMS, saúde é o bem-estar mental, social e físico. E justamente nesses três parâmetros, é possível encaixar o tabagismo, o ato de fumar. Muitas pessoas esquecem que tal ato pode trazer problemas às pessoas ao seu redor, e também são ou foram influenciadas por costumes antigos provenientes de familiares.

Em primeiro lugar, é óbvio citar que o cigarro trás muitos problemas de saúde ao fumante. Contudo, o que poucos se lembram é de que problemas de saúde também são trazidos para quem convive com quem fuma. Dados da pesquisa da Sesifarmácia afirmam que fumantes passivos possuem 30% a mais de chances de ter câncer pulmonar. Logo, são nítidas as proporções perigosas que o ato de fumar pode trazer até para quem não o faz.

Além disso, muitas pessoas continuam a fumar por conta de alguma influência de algum familiar mais velho. Uma vez que no século XX, o hábito de fumar era muito comum. O tabagismo se fazia presente na televisão, em publicidades e em filmes da época, sendo considerado um ato legal e descolado. Em suma, é lógico mencionar que muitas pessoas morreram decorrente dessa visão errônea, que felizmente está sendo desfeita.

Portanto, diante dos fatos apresentados, é necessário que mais publicidade anti-cigarro seja produzida pelo Ministério da Saúde em comerciais de televisão, mostrando depoimentos de ex-fumantes e e incentivando as pessoas a largarem o vício de modo gradual, a fim de ajudar os fumantes. Também deve ser difundido o fato do cigarro oferecer riscos a todos, em busca de uma maior conscientização sobre o tema.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula de forma mediana as partes do texto com inadequações ou alguns desvios e apresenta repertório pouco diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

Avatar do usuário
Por JamesJames
#50297
Olá!! Vamos dar uma olhada nesse texto?

Manter a saúde em dia é muito importante para uma vida saudável. Porém, fica claro que fazer consultas rotineiras e tomar remédios não são nem a metade da definição da palavra "saúde". (1) Segundo a OMS, saúde é o bem-estar mental, social e físico. E justamente nesses três parâmetros, é possível encaixar o tabagismo, o ato de fumar. Muitas pessoas esquecem que tal ato pode trazer problemas às pessoas ao seu redor, e também são ou foram influenciadas por costumes antigos provenientes de familiares.(2)

(1) - Essa linguagem está beirando um tom informal que não combina com a redação do ENEM. Se esse tom subjetivo se repetir muitas vezes, seu texto se tornará um artigo de opinião ao invés de um dissertativo-argumentativo.
(2) - Necessário colocar a marcação da tese ao final do parágrafo, seu ponto de vista a ser defendido.


Em primeiro lugar, é óbvio citar que o cigarro trás muitos problemas de saúde ao fumante. Contudo, o que poucos se lembram é de que problemas de saúde também são trazidos para quem convive com quem fuma. Dados da pesquisa da Sesifarmácia afirmam que fumantes passivos possuem 30% a mais de chances de ter câncer pulmonar. Logo, são nítidas as proporções perigosas que o ato de fumar pode trazer até para quem não o faz. (1)

(1) - Seria interessante uma argumentação mais aprogundada, ralvez uma breve discussão sobre a empatia para com fumantes passivos.


Além disso, muitas pessoas continuam a fumar por conta de alguma influência de algum familiar mais velho. Uma vez que no século XX, o hábito de fumar era muito comum. (1) O tabagismo se fazia presente na televisão, em publicidades e em filmes da época, sendo considerado um ato legal e descolado. Em suma, é lógico mencionar que muitas pessoas morreram decorrente dessa visão errônea, que felizmente está sendo desfeita. (2)

(1) - Esse período pareceu um tanto desconexo, de forma que seria recomendado que ele fosse escrito junto com a frase anterior, mais ou menos assim:"Além disso, muitas pessoas continuam a fumar por conta de alguma influência de algum familiar mais velho, uma vez que no século XX, o hábito de fumar era muito comum." Também seria recomendado eliminar o "algum" ou "alguma" para evitar essa repetição de palavras.
(2) - Novamente, é preciso aprofundar a argumentação, talvez aumentando a discussão de como é grave que a família esteja influenciando o indivíduo no hábito de fumar.


Portanto, diante dos fatos apresentados, é necessário que mais publicidade anti-cigarro seja produzida pelo Ministério da Saúde em comerciais de televisão, mostrando depoimentos de ex-fumantes e e(1) incentivando as pessoas a largarem o vício de modo gradual, a fim de ajudar os fumantes. Também deve ser difundido o fato do cigarro oferecer riscos a todos, em busca de uma maior conscientização sobre o tema.(2)

(1) - Repetição do "e"
(2) - A Proposta precisa citar, em algum momento, a discussão sobre a influência da família que você mostrou anteriormente, pois demonstra que seus parágrafos estão interconectados de forma lógica. Também é preciso que a proposta fale de maneira explícita o que se pretende alcançar com as campanhas.


Espero ter ajudado!!
Avatar do usuário
Por marliac
#50699
Manter a saúde em dia é muito importante para uma vida saudável. Porém, fica claro que fazer consultas rotineiras e tomar remédios não são nem a metade da definição da palavra "saúde". Segundo a OMS, saúde é o bem-estar mental, social e físico.(utilize um conectivo mais "interessante") E justamente nesses três parâmetros, é possível encaixar o tabagismo, o ato de fumar. (Conectivo)Muitas pessoas esquecem que tal ato pode trazer problemas às pessoas ao seu redor, e também são ou foram influenciadas por costumes antigos provenientes de familiares.

Em primeiro lugar, é óbvio citar que o cigarro trás(*traz) muitos problemas de saúde ao fumante. Contudo, o que poucos(quem?) se lembram é de que problemas de saúde também são trazidos para quem(repetição 1) convive com quem(repetição 2) fuma. (Conectivo) Dados da pesquisa da Sesifarmácia afirmam que fumantes passivos possuem 30% a mais de chances de ter câncer pulmonar. Logo, são nítidas as proporções perigosas que o ato de fumar pode trazer até para quem não o faz.
Acho que aqui o problema geral foi a desorganização.

Além disso, muitas pessoas(evita esses termos generalizados) continuam a fumar por conta de alguma influência de algum familiar mais velho. (Conectivo impróprio pra esse contexto) Uma vez que no século XX, o hábito de fumar era muito comum. O tabagismo se fazia presente na televisão, em publicidades e em filmes da época, sendo considerado um ato legal e descolado(por ser coloquial, seria interessante pôr aspas). Em suma, é lógico mencionar que muitas pessoas morreram decorrente dessa visão errônea, que felizmente está sendo desfeita. (Ué? Tá sendo desfeita como se ainda é um problema? PROBLEMATIZEEE)

Portanto, diante dos fatos apresentados, é necessário que mais publicidade anti-cigarro seja produzida pelo Ministério da Saúde em comerciais de televisão, mostrando depoimentos de ex-fumantes e e incentivando as pessoas a largarem o vício de modo gradual, a fim de ajudar os fumantes. Também deve ser difundido o fato do cigarro oferecer riscos a todos, em busca de uma maior conscientização sobre o tema.
É uma proposta incompleta, infelizmente. Evite gerúndio e busque revisar e solucionar os problemas que você citou.
No geral, é isso. Espero ter ajudado. E desculpa por alguma coisa...
;)
O analfabetismo no Brasil

De acordo com o constitucional Federal, art.6 todo[…]

Evasão Escolar No Brasil

Policarpo Quaresma, protagonista do clássic[…]

Barão de Itararé um dos criadores do[…]

Alfabetização infantil

No livro “A menina que roubava os livros&rdq[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM