Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por Alyssa
#45622
Desde a sua produção, no Período Colonial, o tabaco ganhou grande notoriedade. Outrora utilizado pelos índios em rituais religiosos e, posteriormente, incluído na alta sociedade como símbolo de poder econômico e status. Sob essa ótica, é possível afirmar que o legado histórico cultural junto a influência da mídia detém considerável responsabilidade pela continuidade do tabagismo no meio social.
Com o advento da tecnologia no século XX, a televisão e seus comerciais moldaram comportamentos e normalizaram hábitos. Nesse sentido, a popular propaganda do "Cowboy" da Malboro, exemplifica o poder da Impresa sob o corpo coletivo. Haja vista que, a popularidade do cigarro aumentou de forma alarmante.
Todavia, antes símbolo de prestígio, hoje o tabaco se tornou sinônimo de condenação da saúde. Nesse viés, a Constituição Federal de 1988, em seu artigo 196, conclui que o Estado é responsável por reduzir riscos de enfermidades, mediante políticas públicas e econômicas. Contudo, segundo o Instituto do câncer, o tabagismo ainda é a 3° causa de morte evitável no mundo.
Infere-se, portanto, que ações mútuas são necessárias para combater o problema. O Ministério da Educação, em sinergia ao Ministério da Saúde, deve trabalhar em campanhas de conscientização em escolas, visto que, os jovens são as principais vítimas do tabagismo e necessitam de orientação. O Poder Legislativo, deve estudar a elaboração de novas normais da Lei Antifumo, visando diminuir o uso em locais públicos. Por fim, a Mídia aliada ONGs, deve inserir em sua programação prograpagandas e alertas, bem como, debates construtivos acerca do uso do tabaco, com o intuito de divulgar às grandes massas a gravidade de seu consumo. Concretizando, a longo prazo, a ideia do filósofo Jean Jacques Rosseau, em sua obra Do Contrato Social, de que o Estado e suas ramificações devem garantir, efetivamente, o bem estar da população.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Racismo no Brasil

O racismo é uma ferida aberta no Brasil. Me[…]

A Revolução Industrial foi um per&ia[…]

A constituição Federal de 1988, docu[…]

Transtornos mentais são muito comuns na soc[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM