Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#47114
O Monóxido de Carbono (CO) é um gás tóxico liberado durante a queima do cigarro, em locais fechados sua inalação pode levar a morte em poucos minutos. Logo, percebe-se que o tabagismo é uma prática de risco na contemporaneidade brasileira. Nesse sentido, ao analisar uma causa e consequência desse consumo, percebe-se que a negligência do usuário e as complicações na gravidez são fatores bem relevantes, que precisam ser avaliados.

Em primazia, é importante ressaltar o quanto a negligência do usuário influência nessa problemática. No Brasil, o Ministério da Saúde, elabora mensalmente cartilhas, panfletos, promove palestras e estampa em massos de cigarro os prejuízos dessa droga não aconselhável. Entretanto, mesmo com esses avisos e informações, ainda exite uma lacuna entre os fumantes e a tentativa de combate ao tabaco. Diante disso, percebe-se a necessidade de reelaborar medidas restritivas contra esse mal.

Outrossim, deve-se observar também as complicações ocasionadas pelo tababismo na gravidez. De acordo com uma pesquisa realizada pela revista Superfarmacia em 2018, cerca de 75% das mulheres fumantes tem risco de tornarem-se inférteis, causar abortos espontâneos e ou gerar nascimentos pré-maturos. Diante dessa perspectiva alarmante, evidência-se o quanto é negativo o uso de tabaco ou qualquer outra droga que cause dependência como Crack, LSD ou maconha. Dessa forma, é inegável que mudanças precisam ser realizadas já que vidas estão sendo afetadas.

Infere-se, portanto, que ainda existem entraves para controlar o tabagismo na atualidade brasileira. Então, cabe a Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento- responsável em zelar pela manipulação produtos e alimentos -, em parceria com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) criar a lei "Tabagismo Zero", no qual será implementado a diminuição e a fiscalização de produção do tabaco progressivamente, com o objetivo de diminuir o consumo dessa droga e assim melhorar gradativamente as condições de vida da sociedade. Além disso, cabe ao Ministério da Saúde, criar grupos de ajuda, em locais de trabalho e espaços públicos, com o proposito de diminuir a dependência e diminuir a lacuna entre usuário e dependência. Dessa forma, espera-se melhores condições de saúde e menos casos, como a morte por inalação de Monóxido de carbono.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 100

Você atingiu aproximadamente 50% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

#47187
@Julliamsilva18, claro! :D

O Monóxido de Carbono (CO) é um gás tóxico liberado durante a queima do cigarro, em locais fechados sua inalação pode levar a morte em poucos minutos. Logo, percebe-se que o tabagismo é uma prática de risco na contemporaneidade brasileira. Nesse sentido, ao analisar uma causa e consequência desse consumo, percebe-se que a negligência do usuário e as complicações na gravidez são fatores bem relevantes, que precisam ser avaliados.
* Acredito que a introdução está no caminho certo

Em primazia, é importante ressaltar o quanto a negligência do usuário influência nessa problemática. No Brasil, o Ministério da Saúde, elabora mensalmente cartilhas, panfletos, promove palestras e estampa em massos maços de cigarro os prejuízos dessa droga não aconselhável. Entretanto, mesmo com esses avisos e informações, ainda exite uma lacuna entre os fumantes e a tentativa de combate ao tabaco. Diante disso, percebe-se a necessidade de reelaborar medidas restritivas contra esse mal.
* Está na estrutura certa, mas a argumentação está pequena

Outrossim, deve-se observar também as complicações ocasionadas pelo tabagismo na gravidez. De acordo com uma pesquisa realizada pela revista Superfarmacia em 2018, cerca de 75% das mulheres fumantes tem risco de tornarem-se inférteis, causar abortos espontâneos e ou gerar nascimentos prematuros. Diante dessa perspectiva alarmante, evidência-se o quanto é negativo o uso de tabaco ou qualquer outra droga que cause dependência como Crack, LSD ou maconha. Dessa forma, é inegável que mudanças precisam ser realizadas já que vidas estão sendo afetadas.
* Mesma coisa do § anterior, está dominando a estrutura, mas precisa melhorar a argumentação
* Mais atenção na ortografia de algumas palavras

Infere-se, portanto, que ainda existem entraves para controlar o tabagismo na atualidade brasileira. Então, cabe a Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento- responsável em zelar pela manipulação produtos e alimentos -, em parceria com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), criar a lei "Tabagismo Zero", no qual será implementado a diminuição e a fiscalização de produção do tabaco progressivamente, com o objetivo de diminuir o consumo dessa droga e assim melhorar gradativamente as condições de vida da sociedade. Além disso, cabe ao Ministério da Saúde, criar grupos de ajuda, em locais de trabalho e espaços públicos, com o propósito de diminuir a dependência e diminuir a lacuna entre usuário e dependência. Dessa forma, espera-se melhores condições de saúde e menos casos, como a morte por inalação de Monóxido de carbono.
* Não cabe ao ministério ou a anvisa criar leis, é competência do poder legislativo
* Já existe a Lei antifumo, deveria ter abordado uma atualização dessa lei, por meio do poder legislativo, para incluir novas ações, além disso, você não apresentou algo muito concreto, porque o tabaco faz parte do mercado, então não tem como estipular essa diminuição da produção. O que já até existe, é a diminuição dos elementos do cigarro, da parte tóxica e a que causa o vício.
* A 1ª ação trouxe os elementos, mas faltou coerência e apresentar uma solução melhor
* A 2ª ação já existe, poderia só ajustar sugerindo uma continuidade do projeto ou uma expansão desses grupos de apoio


Espero ter ajudado! ;)

A série "Sob Pressão" exib[…]

Assim como foi divulgado em uma pesquisa realizada[…]

Eu corrigi a redação, caso nã[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM