• Avatar do usuário
#63481
No contexto social vigente, nota-se uma problemática referente a superlotação da população carcerária no Brasil. Portanto são necessárias medidas sociopolíticas para mistigar este empasse. Observar e melhorar a infraestrutura do ambiente penitenciário, junto também com uma maior contratação de agentes penitenciários nas unidades reforçando a segurança no local.
Em primeiro lugar, é licito dizer que a violência vem aumento gradualmente ao decorrer dos anos, logo o número de presos sobe. Em vista disso, nem todas as unidades tem boa infraestrutura para receber os presos, como por exemplo a falta de espaço nas celas e falta de salas como salas de aulas, enfermaria entre outros. Nota-se também a facilidade que os presos tem de conseguirem armas e drogas para serem usados dentro das celas.
Em segundo lugar, Nelson Mandela disse uma vez " A educação é a arma mais poderosa que você pode usar para mudar o mundo " ou seja, a educação foi e sempre será o melhor método para mudar o mundo. Visto então que a escola também tem um papel fundamental na criação do ser humano para um mundo melhor. Na maioria das vezes a apreensão de adolescentes é absurdamente impressionante, pois a maioria tem entre 15 e 23 anos, alguns desitiram da escola outros ainda nem são maiores de idade.
Sob tal perspectiva, para amenizar a superlotação da população carceria, é necessário investir primeiramente na educação da população tanto fora da unidade quanto dentro da unidade carcerária, com ajuda da Secretaria da Educação e ONG'S. Para a infraestrutura das unidades é necessário aumento do número das celas assim também como seu tamanho, criação de salas de aulas, salas para oficinas educativas etc. Importante ajuda da OMS e do Ministério da Saúde nas salas de enfermaria com auxílio de técnicos e enfermeiros para a segurança na saúde dos presos. Apoio da CNJ e do IBDH ( Instituto Brasileiro de Direitos Humanos ) para avaliações e acompanhamentos das melhorias feitas nas unidades carcerárias, chegando assim a emancipação deste problema no Brasil.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Desemprego. Falência. Fome. Estas palavras d[…]

Desemprego. Falência. Fome. Estas palavras d[…]

A constituição Federal de 1988,docum[…]

No Brasil, cerca de 14 (quatorze) milhões d[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM