Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por Gabriel2022
#59290
É indiscutível que, o sistema carcerário brasileiro é precário e negligente, visto que diversos dados apontam isso. O tema supracitado se trata da gestão governamental dos meios legais e infraestruturais de correção punitiva para com os infratores da lei; entretanto, o país que situamo-nos apresenta uma realidade incompatível com o conceito teórico. Nota-se, nitidamente, o fato de que a situação é resultante de um agregado de problemáticas específicas, tais como econômicas, sociais e éticas, que necessitam de intervenção política.
Torna-se notório ressaltar que, de acordo com pesquisas, o Brasil se encontra na lista dos cinco países com maior quantidade de encarcerados, em uma escala mundial. Em contrapartida, os presidiários costumam não ter tido uma educação de qualidade, seguida de evasão escolar, e consequentemente, da procura de meios de sobrevivência mais práticos; entretanto arriscados. Seria esse, um dos principais pontos agravante da situação; em relação a isso, já dizia John Ruskin: "reformemos as nossas escolas, e não teremos que reformar grandes coisas na prisão".
Outra realidade constante preocupante é a insalubridade e alimentação precária a que os presos estão sujeitos diariamente, deixando evidente que muitos presídios não possuem condições financeiras suficientes para amenizar seus problemas intraestruturais tais como ausência de inspeção sanitária de assistência médica e de espaço entre os encarcerados. Como coadjuvantes, há também a questão de privilégio de classes, onde pessoas do grupo elite, mesmo presos, são beneficiadas com células exclusivas e alimentos selecionados, tergiversando o lado desfavorecido.
Tanto, e sistema brasileiro possui uma humilhante reputação, quando comparado com a de outros lugares. Medidas que solucionem o problema de imediato são improváveis; entretanto, algumas que podem ser eficazes, como a implantação de uma política expectativa obrigatória, o que certamente reduziria a taxa de contração infecção de doenças; ou então, por meio de promessas de redução penal, criar projetos de reconciliação social, em que os detentos participaram de trabalhos voluntários, colaborando com eles e com a sociedade.




Avaliem com sinceridade 😉
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

"Os verdadeiros analfabetos são os que[…]

Invisibilidade Social

Na historiografia e na contemporaneidade sempre ho[…]

De acordo com o decreto em relação a[…]

camis23 muto obrigada!!! :D

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM