• Avatar do usuário
#76445
Sistema carcerário brasileiro: problemas e soluções

O Brasil se encontra na 3° posição em números de presos em todo mundo, sendo Mato Grosso do Sul, o Estado de maior taxa do país,com 748 presos para cada 100 mil habitantes. Diante desse cenário, o sistema carcerário brasileiro enfrenta problemas e necessita de soluções urgentes, pois tem se mostrado falho, uma vez que acontece em condições desumanas e a ação violenta de grupos criminais em seu meio cresce.
As péssimas condições de vida dos presos são muito preocupantes, porque há falta de: assistência á saúde, itens básicos de higiene, limitação de água e comida, celas sujas e mal ventiladas, que contribuem para o adoecimento dessa população. No livro, Estação Carandiru (1999), de Dráuzio Varella, essa situação é retratada de forma direta, apresentado a vida precária desses indivíduos.
Ademais, a superlotação das celas que estão 54,9% acima da capacidade, segundo dados do G1, têm se tornado outro grande desafio, porque contribui para atos violentos dentro da própria prisão, como o massacre do presídio em Manaus, que resultou na morte de 60 presos em uma rebelião em 2017. Desse modo, a LEP ( lei de execução penal), que visa regulamentar os regimes prisionais, assegurando assistência e garantias ao preso, não têm cumprido seu papel. Logo, o poder público precisa rever o cenário cárcereiro do Brasil e adotar medidas necessárias para amenizar o problema.
Portanto, há inúmeros desafios nas prisões brasileiras, que precisam melhorar. Por Isso, cabe ao Departamento penitenciário nacional ( Depen), construir mais presídios, para separar os presos diminuindo assim, a violência entre eles e oferecer os itens necessários para a higiene dos mesmos. Isso pode ser feito por meio de, recursos oferecidos pelo governo de cada Estado brasileiro -com o envio de verbas, profissionais e médicos-. Para que assim, a situação dos presos se torne mais controlada e assistida.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

O uso do celular na sala de aula hoje em dia &eacu[…]

A questão do lixo no Brasil

O filme "Wall-e" se passa em uma socieda[…]

geoca PODE CORRIGIR MINHA RED PFVR?

Segundo a Constituição Federal de 19[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM