Avatar do usuário
Por Mimi0016
Quantidade de postagens
#128483
Diante do avanço do trabalho remoto no Brasil, impulsionado pela pandemia da COVID-19, observa-se uma transformação significativa na vida profissional dos brasileiros. Entretanto, apesar de sua flexibilidade e praticidade, esse modelo de home office apresenta desafios sérios, entre os quais se destaca o aumento da ocorrência da síndrome de burnout. Isso ocorre devido aos malefícios associados a ambos, como os desafios decorrentes da má infraestrutura e da fusão entre as esferas pessoal e ocupacional.
É crucial ressaltar que, diante da realidade brasileira, muitos colaboradores se deparam com a falta de uma infraestrutura adequada para o trabalho remoto, situação ainda mais intensificada com a crise da COVID-19. Isso resulta em prejuízos devido à ausência de um ambiente laboral saudável, produtivo e eficiente.
Além disso, o isolamento social decorrente da pandemia contribuiu para uma fusão entre a vida social e profissional no ambiente doméstico. Essa integração dificultou ainda mais desconectar do trabalho, pois a falta de limites claros entre o tempo dedicado a cada um tornou-se desafiador encontrar um equilíbrio saudável. Essa realidade resultando em uma sobrecarga constante, estresse de motivo duplo, jornadas excessivas e exaustão emocional, ampliando os riscos de burnout.
No entanto, é notório que o trabalho remoto pode agravar a incidência dessa síndrome, especialmente quando não há uma adequada separação entre vida pessoal e profissional, somada à ausência de limites claros. Para enfrentar esse desafio, é essencial implementar estratégias que favoreçam um equilíbrio saudável entre trabalho e vida pessoal. Além disso, é fundamental oferecer apoio emocional e condições de trabalho adequadas. No contexto da pandemia da COVID-19, ficou evidente que a situação no Brasil agravou ainda mais esse cenário, com o aumento significativo da incidência da síndrome de burnout entre os trabalhadores remotos.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
0 Respostas 
170 Exibições
por Fandangos
0 Respostas 
228 Exibições
por ellenkoch32
7 Respostas 
1267 Exibições
por Sabina
Desafios para a Síndrome de Burnout
por gegehalc11    - In: Outros temas
0 Respostas 
142 Exibições
por gegehalc11
0 Respostas 
370 Exibições
por besourokafka
0 Respostas 
92 Exibições
por MiguelMoraes
0 Respostas 
173 Exibições
por hellengesen
0 Respostas 
96 Exibições
por lpferreira
0 Respostas 
57 Exibições
por Espartano
0 Respostas 
32 Exibições
por WagnerNeto

Aldous Huxley defende: "Os fatos nã[…]

Segundo o Art.205 da Constituição Fe[…]

Zenebra vc poderia corrigir minha redaç&[…]

:D Olá, poderia de fazer um sugestã[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM