• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por Eunaira
Quantidade de postagens
#70429
No filme Divertidamente é possível perceber como funcionam as emoções de Riley, a personagem principal. O longa ensina uma importante lição a respeito da necessidade de aprender a lidar com os sentimentos. Fora da ficção observa-se como desafio da sociedade brasileira a questão da saúde mental, visto que o problema é potencializado pela negligência da população com relação aos transtornos mentais, o que acaba por agravar a situação dos indivíduos e elevar ainda mais o preconceito.

Convém destacar que ignorar a saúde mental não é a melhor saída para resolver o problema, já que é alto o número de casos de depressão que evoluem para o suicídio. Segundo a OMS, uma pessoa se mata a cada 40 segundos e isso é relatado no documentário Not Alone, em que a protagonista de 16 anos precisa lidar com o trauma da partida repentina de sua melhor amiga e as questões dolorosas provocadas pela situação de suicídio que precisou enfrentar. Dentro e fora da ficção isso poderia ser evitado se os indivíduos direcionassem à saúde psicológica os mesmos cuidados que oferecem à saúde física.

Deve-se ressaltar também que a discriminação que pessoas que se preocupam com a saúde mental sofrem colabora para a negligência do problema. O livro Holocausto Brasileiro relata a tragédia ocorrida no maior hospital psiquiátrico do Brasil, em Barbacena, local conhecido como Cidade dos Loucos e onde morreram mais de 60 mil pessoas. Lá era oferecido tratamento desumano aos pacientes, que muito foram discriminados antes de morrerem. Dessa forma, é evidente que os indivíduos não se preocupam com saúde psicológica e o Governo ainda não oferece o suporte que a população precisa, apesar desse direito social ser previsto na Constituição, propõe ações efetivas para mudar essa realidade.

Logo, medidas são necessárias para resolver o impasse. O Ministério da Educação deve promover, nas instituições escolares de todo o país, discussões sobre o perigo de negligenciar a saúde mental para que os jovens tornem-se mais conscientes e disponíveis para ajudar os que mais precisam. Isso pode ser feito por meio de encontros nos finais de semana - previstos na grade curricular - mediados por psicólogos e psiquiatras a fim de que a realidade brasileira se altere. Também é fundamental que o Ministério da Saúde coloque a disposição da população profissionais qualificados e isso deve ser feito através da atuação de psicólogos em todas as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) para minimizar o número de suicídios. Assim, a população estará pronta para lidar com suas emoções e aprenderá a lição que o longa Divertidamente deseja promover.

(Oii, espero que possam corrigir a minha redação. Desde já, agradeço por estarem me ajudando... por meio de suas correções e dicas tenho tentado melhorar ospontos que eu precisava.) @jheromagnoli @Willa se puderem pontuar ficarei muito grata! :D
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#71513
No filme Divertidamente é possível perceber como funcionam as emoções de Riley, a personagem principal. [faltou conectivo] O longa ensina uma importante lição a respeito da necessidade de aprender a lidar com os sentimentos. Fora da ficção, observa-se como desafio da sociedade brasileira a questão da saúde mental, visto que o problema é potencializado pela negligência da população com relação aos transtornos mentais, o que acaba por agravar a situação dos indivíduos e elevar ainda mais o preconceito. [faltou dizer que uma análise ou medidas é necessária]

[faltou conectivo] Convém destacar que ignorar a saúde mental não é a melhor saída para resolver o problema, já que é alto o número de casos de depressão que evoluem para o suicídio. Segundo a OMS, uma pessoa se mata a cada 40 segundos e isso é relatado no documentário Not Alone, em que a protagonista de 16 anos precisa lidar com o trauma da partida repentina de sua melhor amiga e as questões dolorosas provocadas pela situação de suicídio que precisou enfrentar. [faltou conectivo] Dentro e fora da ficção isso poderia ser evitado se os indivíduos direcionassem à saúde psicológica os mesmos cuidados que oferecem à saúde física.
* Muito repertório e pouca argumentação

[faltou conectivo] Deve-se ressaltar também que a discriminação que pessoas que se preocupam com a saúde mental sofrem colabora para a negligência do problema. [faltou conectivo] O livro Holocausto Brasileiro relata a tragédia ocorrida no maior hospital psiquiátrico do Brasil, em Barbacena, local conhecido como Cidade dos Loucos e onde morreram mais de 60 mil pessoas. [faltou conectivo] Lá era oferecido tratamento desumano aos pacientes, que muito foram discriminados antes de morrerem. Dessa forma, é evidente que os indivíduos não se preocupam com saúde psicológica e o Governo ainda não oferece o suporte que a população precisa, apesar desse direito social ser previsto na Constituição, propõe ações efetivas para mudar essa realidade.

Logo, medidas são necessárias para resolver o impasse < generalizou muito]. [faltou conectivo] O Ministério da Educação deve promover, nas instituições escolares de todo o país, discussões sobre o perigo de negligenciar a saúde mental para que os jovens tornem-se mais conscientes e disponíveis para ajudar os que mais precisam. Isso pode ser feito por meio de encontros nos finais de semana - previstos na grade curricular - mediados por psicólogos e psiquiatras a fim de que a realidade brasileira se altere. Também é fundamental que o Ministério da Saúde coloque a disposição da população profissionais qualificados e isso deve ser feito através < procure sinônimo] da atuação de psicólogos em todas as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) para minimizar o número de suicídios. Assim, a população estará pronta para lidar com suas emoções e aprenderá a lição que o longa Divertidamente deseja promover.
* Atenção ao tamanho dos parágrafos, mas se couber na folha, tudo bem

Acima de tudo, o racismo e a discriminaç&at[…]

maiconpgtu obrigadaaa :D

No século XX o assédio já ex[…]

Segundo Leandro Karnal, "uma das principais c[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM