• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por Jotaveh
Quantidade de postagens
#79440
A Constituição de 1988 prevê o direito à saúde em todo o Brasil. Todavia, o país nem sempre põe em prática tal garantia, visto que tanto a desigualdade social quanto omissões estatais são causas da falta de saneamento básico em muitos locais. Logo, é válido discutir a problemática.

Diante desse cenário, cabe ressaltar a desigualdade social como fator desse quadro. Nesse sentido, Aristóteles argumenta que a política deve ser utilizada para promover justiça e equilíbrio. Entretanto, o fato de muitas famílias pobres, sem moradia, ocuparem locais sem sistemas de esgotos demonstra que o pensamento do filósofo está longe de se tornar uma realidade no país. Consequentemente, pode haver poluição de lençóis freáticos pelos resíduos sólidos produzidos por tais grupos familiares, pondo em risco a saúde pública. Assim, nota-se que o equilíbrio socioeconômico poderia combater o problema.

Ademais, o descaso estatal em muitos locais brasileiros representa outro agravante. Segundo Durkheim, o Estado deve assegurar o funcionamento correto da sociedade. Contudo, ao se omitir da responsabilidade de fornecer água tratada para parte da população, o governo brasileiro deixa de seguir a lógica do sociólogo. Em decorrência disso, esse grupo populacional pode contrair doenças e infecções provenientes do consumo da água não tratada. Por conseguinte, fica evidente a necessidade de ações do Ministério da Saúde nesses lugares.

Portanto, é imprescindível superar as causas dessa situação. Nesse viés, o Poder Executivo deve diminuir a desigualdade de renda no Brasil, por meio do aumento do auxílio do programa Bolsa Família — valor que deve ser igual a 2 salários mínimos para cada núcleo familiar —, a fim de garantir capital aos pobres para o aluguel de moradias em localidades com esgotos e água tratada. Paralelamente, o Ministério da Saúde deve promover o saneamento básico para todas as regiões brasileiras, a fim de garantir boas condições sanitárias para toda a população. Desse modo, o país facilitará o direito à saúde previsto na Carta Magna.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

Avatar do usuário
Por walace
Quantidade de postagens
#79570
A Constituição de 1988 prevê o direito à saúde em todo o Brasil. Todavia, o país nem sempre põe em prática tal garantia, visto que tanto a desigualdade social quanto omissões estatais são causas da falta de saneamento básico em muitos locais. Logo, é válido discutir a problemática.

(Introdução simples, mas que apresenta todos os pontos necessários).

Diante desse cenário, cabe ressaltar a desigualdade social como fator desse quadro. Nesse sentido, Aristóteles argumenta que a política deve ser utilizada para promover justiça e equilíbrio. Entretanto, o fato de muitas famílias pobres, (tiraria a vírgula e colocaria o "e") sem moradia, ocuparem locais sem sistemas de esgotos demonstra que o pensamento do filósofo está longe de se tornar uma realidade no país. Consequentemente, pode haver poluição de lençóis freáticos pelos resíduos sólidos produzidos por tais grupos familiares, pondo em risco a saúde pública. Assim, nota-se que o equilíbrio socioeconômico poderia combater o problema.
(tópico frasal: ok/ repertório: ok/ argumentação: ok/ fechamento: ok)

Ademais, o descaso estatal em muitos locais brasileiros representa outro agravante. Segundo Durkheim, o Estado deve assegurar o funcionamento correto da sociedade. Contudo, ao se omitir da responsabilidade de fornecer água tratada para parte da população, o governo brasileiro deixa de seguir a lógica do sociólogo. Em decorrência disso, esse grupo populacional pode contrair doenças e infecções provenientes do consumo da água não tratada. Por conseguinte, fica evidente a necessidade de ações do Ministério da Saúde nesses lugares.
(tópico frasal: ok/ repertório: ok/ argumentação: ok/ fechamento: ok)

Portanto, é imprescindível superar as causas dessa situação. Nesse viés, o Poder Executivo deve diminuir a desigualdade de renda no Brasil, por meio do aumento do auxílio do programa Bolsa Família — valor que deve ser igual a 2 salários mínimos para cada núcleo familiar —, a fim de garantir capital aos pobres para o aluguel de moradias em localidades com esgotos e água tratada. Paralelamente, o Ministério da Saúde deve promover o saneamento básico para todas as regiões brasileiras, a fim de garantir boas condições sanitárias para toda a população. Desse modo, o país facilitará o direito à saúde previsto na Carta Magna.

(Primeira intervenção: Agente: ok/ação:ok/meio: ok/ detalhamento: ok/ finalidade: ok - Segunda intervenção: 3 requisitos, não interferindo nos 200 pontos) ótima conclusão, além do texto cíclico ser a cereja do bolo.
Avatar do usuário
Por walace
Quantidade de postagens
#79637
@Jotaveh Os erros que eu vi foram esses marcados de vermelho. Lembrando que eu não sou professor, então podem ter mais ou esses que eu marquei podem está errados akakaka.
Falei pra colocar o "e" no lugar da vírgula pois você cita somente duas características para famílias: pobres e sem moradia, sem a necessidade de uma vírgula. Logo após eu falei para retirar a vírgula porque estaria separando o sujeito do verbo que o segue.
Somente isso, o restante tá show. Boa sorte na sua prova do Enem e partiu universidade!
analfabetismo no Brasil

Oi, Iurymed , tudo certo? bora lá (lembran[…]

Título: Mais problemas O programa mais m&[…]

Jotaveh walace vanussa Isabelaassis

Como a arte pode ser inclusiva no Brasil? Ao menc[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM