• Avatar do usuário
#67746
De acordo com Aristóteles, a felicidade deve ser buscada na justa medida, isto é, agindo sem excessos. No entanto, na sociedade contemporânea, há um desequilíbrio no cotidiano do trabalhador brasileiro, uma vez que, no imaginário popular, persiste a ideia de que a produtividade excessiva é essencial para o sucesso. Nesse sentido, a romantização do exagero produtivo promove a negligência do lazer e, por conseguinte, o descaso com a saúde mental.
A princípio, na obra "Sociedade do Cansaço", o escritor Byung-chul Han disserta acerca da supervalorização da eficiência constante no século XXI. Da mesma forma, a popularização de livros e palestras motivacionais baseados na velha ideia de que tempo é dinheiro fomenta a crença da negatividade do descanso. Em virtude disso, o lazer, apesar de ser necessário para o bem estar psicológico de cada cidadão, é negligenciado na sociedade.
Por conseguinte, essa pejoratividade atribuída ao ócio faz com que as pessoas desprezem a saúde mental, visto que, ao trabalharem ininterruptamente a fim de alcançar a vida perfeita, tornam a rotina desgastante, contrariando suas expectativas. Dessa forma, o acúmulo de estresse ocasiona distúrbios psicológicos, como a Síndrome de Burnout, que, segundo a Secretaria Espacial de Previdência e Trabalho, afastou 421 brasileiros de seus cargos em 2021.
Em suma, medidas são necessárias para extinguir a romantização da produção excessiva. Portanto, cabe ao Ministério da Cidadania, por meio de projetos que evidenciem a importância do repouso, criar áreas públicas de lazer, como praças e parques ecológicos, a fim de estimular atividades recreativas. Assim, a crença da necessidade de ser sempre eficiente será erradicada e a sociedade brasileira alcançará a justa medida proposta por Aristóteles.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Sabemos que a meritocracia na sociedade brasileira[…]

Olá! Alguém poderia me auxiliar por[…]

Frequentemente, comenta-se muito a respeito da que[…]

Sabemos que a meritocracia na sociedade brasileira[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM