Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#59026
No século atual, a internet e as redes sociais tem um papel fundamental de
informar quanto enganar. A facilidade de compartilhamento ajuda a disseminar
uma notícia rapidamente e abrangendo um número alto de pessoas. É notório
observar, que com o passar dos anos as notícias falsas vem aumentando, segundo
o Instituto de Tecnologia de Massachusetts (sigla MIT) as Fake News se espalham
70% mais rápido que notícias verdadeiras. O aumento em grande número dessas
notícias, acaba se tornando cada vez mais perigosa para a sociedade. Dentre estes
perigos podemos destacar a difamação no meio científico.
Mediante a situação que vivemos- a pandemia do novo Coronavírus também
virou alvo de diversas Fakes News. A OMS trata este problema como “infodemia”,
uma pandemia de informações que, muitas vezes são falsas. Os países nas quais
mais divulgaram notícias falsas sobre o Coronavírus foram: Índia, Estados Unidos e
Brasil. A falta de checagem da veracidade dessas informações faz com que notícias
absurdas ganhem forças e até mesmo fazendo que muitos internautas acreditem
que seja verídica.
Uma das informações que rodou entre os internautas indianos era de que, a
urina de vaca seria um remédio eficaz contra o vírus. Outra fake News que se
espalhou na América Latina falava sobre possíveis danos causados pelos
termômetros- usados para medir a temperatura das pessoas- viralizou a história de
que eles poderiam “matar alguns neurônios”. Ainda sobre o termômetro, já havia
circulado que ele é capaz de queimar a retina e afetava a glândula pineal. Existem
diversas notícias falsas sobre o vírus e tudo aquilo que esta associado à ele, é
preciso ficar atento à todas informações que recebemos e repassamos.
Antes de compartilhar é de suma importância que leia a notícia completa,
nunca se informe apenas pelo título ou pelo primeiro parágrafo. Existem outras
medidas a serem tomadas para verificar a credibilidade de uma notícia, observe a
credibilidade do site que aquela notícia vem, verifique também as fontes e datas da
postagem. Se mesmo depois de checar tudo isso e ainda estiver na dúvida, existe
outras ferramentas para a checagem dessas informações- Fake ou News (Agência
Lupa), Fato ou Fake (G1), Boatos.org. O repasse de Fake News significa criar uma
armadilha na qual você mesma cairá e, quem perde com tanta falta de
credibilidade é a própria sociedade.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Durante a colonização do territ&oacu[…]

Higorrair pode corrigir pra mim?

Vacinação

Grande parte da população age sob in[…]

É de conhecimento geral, que a escola &eacu[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM