• Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por pavanx
Quantidade de postagens
#82838
Policarpo Quaresma, personagem de Lima Barreto, do clássico livro "O triste fim de Policarpo Quaresma", tem como característica notória seu nacionalismo ufanista, crendo em um Brasil utópico. Não obstante, a falta de garantia de acesso à cidadania no Brasil afasta o país do imaginado pelo personagem. Seja pela omissão e falta de incentivo por parte do governo, como pela ausência de divulgação constante e eficaz pela mídia, esse quadro se agrava cada vez mais. À vista disso, faz-se imperiosa a análise dos fatores que colaboram com esse cenário.

Em uma primeira análise, é preciso ressaltar o desserviço estatal como uma das causas da problemática. O IBGE, em uma pesquisa de 2015, apontou a existência de mais de 2,5 milhões de pessoas sem o registro de nascimento no país, mesmo assim é evidente a falta de ações e iniciativas do governo federal para incentivar e facilitar o acesso a esse processo à população, principalmente a pessoas localizadas longe do centro urbano. Em consequência, essa população é impedida de gozar de seus direitos e benefícios, sendo excluída da participação social e tendo sua existência não reconhecida. Paralelamente, o sociólogo Zygmund Bauman ao criar a expressão "instituições zumbis" aponta a existência de instituições presentes na sociedade, mas que não cumprem seu papel social com eficácia, o que é visto no governo brasileiro na atual conjuntura.

Outrossim, é de suma importância citar o pobre e ineficaz trabalho feito pela mídia para tentar melhorar o quadro atual. A mídia é o maior responsável por levar a informação e conscientizar o maior número de pessoas possível no país. Entretanto, vê-se hoje a omissão da mídia com respeito à divulgação da situação que está ocorrendo, à conscientização das pessoas sobre a importância de se ter o registro civil, juntamente com a explicação como todo esse processo ocorre. Segundo o jornalista George Bernard Shaw, "o progresso é impensável sem mudança". Sendo assim, é inadmissível que esse cenário continue no Brasil.

Depreende-se, portanto, a necessidade de combater esses obstáculos. Para isso, é necessário e imprescindível que o Estado, junto
com a Defensoria Pública, elaborem projetos e políticas públicas que visem localizar essas pessoas e que ainda simplifiquem o processo de registro. Paralelamente, cabe à mídia, a exemplo da televisão e rede sociais, divulgar e explicar por meio de chamadas publicitárias a importância da certidão de nascimento. Dessa forma, tornar-se-á possível a construção de um Brasil mais próximo do imaginado por Policarpo Quaresma.






* Essa foi mais ou menos a minha redação, não lembro exatamente as palavras que coloquei, porque mudei um pouco do rascunho.
* Tive com problemas de linhas na conclusão, por isso tive que fazê-la mais simples e menor.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

"O mais escandaloso dos escândalos &eac[…]

Redação ENEM 2021

Na obra utopia do escritor inglês Thomas Mor[…]

"O mais escandaloso dos escândalos &eac[…]

A despeito de todo progresso científico e h[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM