Avatar do usuário
Por Leite
Tempo de Registro Quantidade de postagens
#114691
A indústria da multa é um termo criado pelos próprios motoristas para designar a crescente aplicação de multas através de radares no Brasil. Entretanto, esse título não se encaixa com a real situação nas estradas do país, pois, para que haja multas é necessário, antes, haverem infrações intencionais ou não. Nesse contexto, o excesso de velocidade e o desrespeito aos sinais de trânsito são vistos como os principais e mais comuns causadores de multas.

Em primeira análise, velocidades acima do permitido sempre põe a integridade em risco. Segundo a manchete do jornal "Folha": "não existe indústria da multa sem a indústria da infração". Essa frase representa corretamente a falta de educação (ou a rejeição involuntária) dos motoristas que, em sua maioria são jovens, andam acima do permitido por pura diversão, sem se importar com o risco de multas (facilmente pagas em bancos) ou acidentes graves. Sendo assim, onde houverem radares significa a necessidade de alertar.

Ademais, o desrespeito às placas de trânsito também é outro agravamento. As autoescolas ensinam abertamente todas as leis e placas em uso no país para uma boa formação do aluno. Porém, muitos a "estudam" somente para alcançar a nota desejada para concluir o curso, ação que fortalece a violação da lei pois não há seriedade no aprendizado e consequentemente, aumento das multas.

Logo, os radares são vistos como um equipamento necessário. Sendo assim, cabe aos policiais aplicarem penalidade mais práticas através da proibição do nome do infrator na própria carteira de motorista ou de pegar "emprestado" outra CNH após certo número de infrações idênticas, e caso continue a praticar o mesmo ato, aplicar pena de prisão. Dessa maneira, talvez a ideia da indústria da multa diminua.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
0 Respostas 
2302 Exibições
por danielamttr
0 Respostas 
318 Exibições
por juliex
0 Respostas 
227 Exibições
por Fuuu
0 Respostas 
411 Exibições
por anclaaraa
A sexualização da mulher na indústria musical
por guilac    - In: Outros temas
0 Respostas 
66 Exibições
por guilac
0 Respostas 
39 Exibições
por DaviHudson
Violência no trânsito
por saaturnnee    - In: Outros temas
0 Respostas 
156 Exibições
por saaturnnee
0 Respostas 
207 Exibições
por kalliny
0 Respostas 
2002 Exibições
por Manoel01
0 Respostas 
837 Exibições
por alvescaiio

Ao longo dos anos, na sociedade, houve pandemias q[…]

John lock , filósofo inglés destaca-[…]

O artigo 6 da constituição federal d[…]

O autismo é um transtorno do desenvolviment[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM