Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por fhtNick
#46507
A constituição de 1988 proclama em seu 5° artigo, que todos, sem exceção, são iguais perante a lei e podem desfrutar de segurança, vida, liberdade, segurança e moradia. Entretanto, a realidade do Brasil mostra-se um contraste à constituição quando observa-se a questão do racismo estrutural presente em nossa pátria, sendo uma problemática que contradiz os direitos mais primordiais garantidos pela carta magna. Portanto, faz-se imperiosa a análise dos fatores que corroboram com esse impasse.
Destarte, é válido salientar o pensamento de Jean-Jacques Rousseau, que diz que é dever do estado garantir nossa igualdade de tratamento. Dado o pensamento do filósofo, pode-se estabelecer um paralelo entre o dever e a ação deficitária do estado em combater o racismo estrutural de nosso país, onde pode-se observar que não é uma realidade pela falta de ações efetivas e da devida cobrança das leis já vigentes que envolvem distinção e preconceito acerca de cor ou raça, ademais, é mister que se destaque também a falta de medidas para que se combata a cultura do racismo em nosso país. Com esse panorama, há também outras questões que devem ser abordadas.
Segundo o IBGE, os negros representam 75% dos 10% da população pobre do Brasil. Com essa informação, podemos também estabelecer que o estado é consciente da situação da população negra no país, e nessa problemática, é um impulsionador do impasse, além do mais, estabelece-se mais um contraste, dessa vez com o filósofo Thomas Hobbes, que conclui que é dever do estado garantir o bem estar de toda a população. Dessa forma, é inadmissível que este problema continue a perdurar.
Sendo assim, é importante que o Ministério da Cidadania, impulsione campanhas de conscientização acerca do racismo e de suas consequências, por meio de palestrantes negros e cientistas sociais, preferencialmente em colégios públicos tanto estaduais quanto municipais. Além da antes citada campanha, cabe ao Ministério da Justiça um maior reforço às leis que tem como alvo punir o preconceito, a fim de que tenhamos uma sociedade mais justa e igualitária.
@jherodrigues
@Ashiley
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula de forma mediana as partes do texto com inadequações ou alguns desvios e apresenta repertório pouco diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora, de forma mediana, pouco consistente, proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.

Avatar do usuário
Por Geralcinoj
#46512
fhtNick escreveu:@Geralcinoj
@Jeniffeeee
Posso sim! Somente peço que aguarde.
Avatar do usuário
Por Geralcinoj
#46739
CORREÇÃO (X)

A constituição de 1988 proclama em seu 5° artigo,(1) que todos, sem exceção, são iguais perante a lei e podem desfrutar de segurança, vida, liberdade, segurança e moradia. Entretanto, a realidade do Brasil mostra-se um contraste à constituição quando se observa a questão do racismo estrutural presente em nossa pátria(2), sendo uma problemática que contradiz os direitos mais primordiais garantidos pela carta magna. Portanto, faz-se imperiosa a análise dos fatores que corroboram com esse impasse.
Destarte, é válido salientar o pensamento de Jean-Jacques Rousseau, que diz que(3) é dever do estado(4) garantir nossa igualdade de tratamento. Dado o pensamento do filósofo, pode-se estabelecer um paralelo entre o dever e a ação deficitária do estado(4) em combater o racismo estrutural de nosso país(2), onde(5) pode-se observar que não é uma realidade pela falta de ações efetivas e da devida cobrança das leis já vigentes que envolvem distinção e preconceito acerca de cor ou raça, ademais, é mister que se destaque também a falta de medidas para que se combata a cultura do racismo em nosso país. Com esse panorama, há também outras questões que devem ser abordadas.
Segundo o IBGE, os negros representam 75% dos 10% da população pobre do Brasil. Com essa informação, podemos também estabelecer que o estado(4) é consciente da situação da população negra no país, e nessa problemática, é um impulsionador do impasse, além do mais, estabelece-se mais um contraste, dessa vez com o filósofo Thomas Hobbes, que conclui que é dever do estado garantir o bem estar de toda a população. Dessa forma, é inadmissível que este problema continue a perdurar.
Sendo assim, é importante que o Ministério da Cidadania,(1) impulsione campanhas de conscientização acerca do racismo e de suas consequências, por meio de palestrantes negros e cientistas sociais, preferencialmente em colégios públicos tanto estaduais quanto municipais. Além da antes citada campanha, cabe ao Ministério da Justiça um maior reforço às leis que tem como alvo punir o preconceito, a fim de que tenhamos uma sociedade mais justa e igualitária.

OBSERVAÇÕES:
(1)-Vírgula errada.
(2)-Quê? Pronome possesivo é utilizado em textos narrativos na maioria das vezes. Tem casos que ficam correto, porém a forma que você usou está indevida.
(3)-Isso demonstra a pobreza que você possui de mecanismo coesivo. Você poderia ter escrito assim: ...do qual diz que é dever do...
(4)-Aqui o correto é Estado (Inicial maiúscula)
(5)-Esse pronome relativo serve para retomar lugares. Acho que país não é lugar. Se tivesse escrito Brasil faria mais sentido.
(6)-Você precisa apresentar o que será falado no desenvolvimento antes de inserir o repertório. A estrutura do desenvolvimento é assim: Tópico frasal/ Repertório/ Argumento.
(7)-Você precisa argumentar também. Fale o que o racismo provoca na sociedade e nos indivíduos. Apresente algum exemplo. Argumente!! :lol:
(8)-Faltou vários elementos da conclusão
1ª intervenção
Sendo assim, é importante que o Ministério da Cidadania(Agente), impulsione campanhas de conscientização acerca do racismo e de suas consequências(Ação), por meio de palestrantes negros e cientistas sociais(Meio), preferencialmente em colégios públicos tanto estaduais quanto municipais(Detalhamento)

2ª intervenção
Além da antes citada campanha, cabe ao Ministério da Justiça(Agente) um maior reforço às leis que tem como alvo punir o preconceito(Ação), a fim de que tenhamos uma sociedade mais justa e igualitária.(Finalidade)
Avatar do usuário
Por Jeniffeeee
#46757
@fhtNick, oi!
O Geralcino já fez ótimos comentários. Recomendo que análise melhor a estrutura do texto, desenvolva mais de acordo com o tema e busque repertórios com maior credibilidade. Evite usar a primeira pessoa, seja impessoal e use a terceira pessoal. Estude vírgula também, isso pode te ajudar. Se quiser, me marque na próxima :D

a cantora Ariana Grande, tem dois álbuns pr[…]

A constituição federal de 1988, docu[…]

vittorzao EduardoHh anaagomide

@GlendaMorais obrigada!💓

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM